Filuca Mendes acusa adversários de tentarem desgastá-lo

Do blog do Robert Lobato

O ex-secretário de Estado de Cidades, Filuca Mendes, concedeu entrevista exclusiva ao blog do Roberto Lobato, na qual esclarece pontos fundamentais sobre as denúncias de desvios de cerca de  R$ 92 milhões que supostamente teria ocorrido na sua gestão, entre 2009 e 2010.

Na edição do último domingo, 15, o Jornal Pequeno publicou uma matéria intitulada “Irregularidades de Filuca na Secid envolvem mais de R$ 92 milhões”, que teria como base uma auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE).

O ex-comandante da Secid rechaça as denúncias e acredita que elas têm conotação política e surgem agora somente para desgastá-lo por ser um ano eleitoral.

Filuca Mendes é pré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PMDB e lidera todas as pesquisas de intenção de voto na cidade.

Político experiente, Mendes trabalha para formar uma ampla aliança eleitoral para derrotar o atual prefeito da cidade, Zé Arlindo (PSB), que chegou à prefeitura pelas mãos do peemedebista, mas depois de eleito achou por bem abandonar o seu padrinho político.

Filuca Mendes está empenhado em reproduzir, no município de Pinheiro, a aliança entre o PMDB e PT tal como ocorre no plano estadual e nacional, onde a vaga de vice-prefeito seria indica pelos petistas. O projeto agrada a direção dos dois partidos no estado, e encontra apoio também entre muitos petistas pinheirenses. A seguir, trechos da entrevista.

Continue lendo aqui.


4 pensou em “Filuca Mendes acusa adversários de tentarem desgastá-lo

  1. É sempre assim, quando o pilantra se sente acuado, bota culpa nos adversários, roubam, desviam e faz falcatruas, tudo com o consentimento dos seus superiores, que os apoia e depois dividem, agora vem com as desculpas mais mirabolantes possíveis e gestos ingênuos e quer que as pessoas passem a acreditar nessas baboseira de que é pura perseguição, só malandragem, deveria está na cadeia.

  2. Então quer dizer que a auditoria interna feita a mando da governadora também é uma tentativa de desgastá-lo em ano eleitoral ? Até o Tribunal de faz de Contas (ops, de contas, desculpe) descobriu as bandalheiras desse astuto gestor. O que esse senhor tem que fazer é tentar obter na justiça aquela excrecência conhecida como habeas corpus preventivo, para andar debaixo do braço, isso é, se já não obteve pois, boa parte do dinheiro é verba federal e ai, não é a polícia do Maranhão que vem cobrar a conta.

Os comentários estão fechados.