Roseana defende investimento na Beija-Flor: “é estratégico”

Roseana defende investimento (Foto: Handson Chagas)

A governadora Roseana Sarney (PMDB) falou pela primeira vez, nesta segunda-feira (13), sobre os investimentos que o Governo do Estado fez para apoiar a escola de samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro, que este ano traz como tema “São Luís – O Poema Encantado do Maranhão”.

O governo diz que pagou R$ 1,5 à agremiação. O líder da Oposição da Assembléia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), diz que foi isso, mais R$ 8 milhões via empresa de Nan Souza.

Sem citar números, Roseana garantiu que os recursos foram bem empregados. Segundo a peemedebista, o investimento é estratégico.

“Nós estamos fazendo um carnaval convidando todo o povo do Maranhão, mas também estamos com um braço fora do Maranhão. Muita gente tem criticado o apoio que nós estamos dando à escola de samba Beija-Flor, do Rio de Janeiro. Mas por que estamos apoiando? Porque, estrategicamente, isso é importante para a divulgação do nosso estado”, ressaltou.

Segundo a governadora, o tempo de exposição da escola na mídia, e levando nome de São Luís para todo o país, são o principal dividendo que o Maranhão pode obter da parceria firmada com a Beija-Flor.

“A escola que ganha no ano anterior abre o carnaval do Rio de Janeiro, com música, pela Rede Globo. É quem mais toca música. Portanto, é música sobre São Luís. A Beija-Flor é a escola que mais se apresenta em todo o Brasil, cantando São Luís do Maranhão. É a escola que tem mais apresentações de vinhetas na Rede Globo do Rio de Janeiro, tanto na TV quanto nas rádios. E isso é o que nós queremos: divulgar o Maranhão, para trazer pessoas para assistir ao nosso carnaval”, completou.


7 pensou em “Roseana defende investimento na Beija-Flor: “é estratégico”

  1. Acho que estratégico seria usar esse dinheiro para revitalizar o Centro Histórico, apoiar as manifestações nonescas da Ilha e do Interior do Estado, e dessa forma atrair turistas o ano todo, e não apenas para essa época.

    O Estado merece muito mais que apenas uma festa paga, uma estrada que liga uma faculdade a dois shoppings na capital. Que tal investir em saneamento básico, educação, segurança, infra-estrutura, incentivo ao empreededorismo?

    Esses são os investimentos estratégicos que um estado como o Maranhão precisa. Pagar ao Beija-Flor para “representar” a capital no ano do seu 4º centenário é um investimento no Rio de Janeiro, e em instituições que estão sendo investigadas em prováveis associação a práticas desonestas como jogo do bicho e tráfico de drogas.

    Enfim, para quem prometia o melhor governo da sua vida, investir em outro estado, e não no que se está governando não parece uma boa estratégia.

    Saúde e PAz.

  2. Ás vezes imagino que os politicos do maranhão são burros ou coisa do tipo.Porque eles todos os dias convivem com os malificios do estado e em vez de envesti em saúde,educação,esporte,lazer entre outras coisas a mais eles despedissam o dinheiro com simplesmente coisas que o estado não prescisa, e sim prescisaria se o estado fosse mais rico estruturalmente falando.

  3. O maranhense sofre com a ausência de Saúde, Educação, Segurança e tudo do que se pode imaginar. Concordo plenamente com o Rodrigo e o Carlos. Chega de tanta molecagem. O Centro Histórico está caindo aos pedaços e nada é solucionado. O Maranhão pede socorro e não gastar quase R$ 10 milhões em uma apresentação de 50 minutos. Basta!

Os comentários estão fechados.