Brasil x Bósnia: por que Ronaldinho Gaúcho, não Kaká

A jogada é cada vez mais escancarada: a seleção brasileira de futebol não passa de negócio para a Nike.

A queda de Ricardo Teixeira da CBF – conivente com isso – e a última convocação de Mano Menezes, para o jogo contra a Bósnia, hoje à tarde, não deixam dúvidas.

Tudo é negócio.

Porque só negócio explica a ida de Ronaldinho Gaúcho, e não Kaká, para o jogo.

É tudo simples: Gaúcho é patrocinado pela Nike. Kaká, Adidas.

Nenhum dos dois, é verdade,está jogando a mesma bola de três ou quatro anos atrás.

Mas, para jogar contra a fraquíssima Bósnia, na Suíça, a seleção da Nike precisa de uma estrela que atraia mídia e público.

É lógico que a empresa americana não iria querer levar um patrocinado do seu maior rival.

Deu pra entender?


2 pensou em “Brasil x Bósnia: por que Ronaldinho Gaúcho, não Kaká

  1. Nem tão fraca assim Gilberto, a Bósnia ocupa a 19ª colocação no ranking fifa, melhor que México, Gana e Paraguai. Com o nível da nossa seleção atualmente o jogo poderá não ser tão fácil.

    • E quem disse que esse ranking da FIFA vale alguma coisa? Ou vc acha mesmo que o Brasil, atualmente, joga o 7º melhor futebol do mundo? Bósnia só tem um cara: Dzenko…

Os comentários estão fechados.