Após denúncias, SEDUC manda processos para TCE, MP e PGE

O secretário de Estado da Educação, João Bernardo Bringel (foto), deve encaminhar, ainda nesta quarta-feira (4), os dois processos de adesão à ata que culminaram com a aquisição de kits escolares para o ensino fundamental ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público, Procuradoria Geral do Estado e Controladoria Geral do Estado.

No caso do TCE, o próprio secretário pedirá tomada de contas especial. A decisão veio depois que este blog denunciou indícios de irregularidades como favorecimento ilícito, superfaturamento e entrega de material de qualidade inferior ao Governo do Maranhão em contrato firmado com a WEJ Logística Distribuidora e Comércio LTDA (reveja aqui e aqui).

Em contato com o blog, Bringel confirmou a adesão à ata do Governo de Pernambuco, mas negou que a SEDUC tenha aderido a uma ata da Prefeitura de Recife, que está vencida.

“A ata de prefeitura à qual nós aderimos foi do município do Rio de Janeiro”, explicou.

O secretário disse não ter conhecimento de superfaturamento – levantamento do blog aponta preços mais caros do que os de mercado em vários itens no termo de referência da pasta – e garantiu que, se as mochilas entregues ao estado forem de qualidade inferior às vendidas à Secretaria de Educação de Pernambuco, ele não recebe. “Devolvo todas”, frisou.

Bringel também concedeu ao blog a oportunidade de checar in loco, no almoxarifado da SEDUC, todo o material que já foi entregue – “nem 10% do total”, afirma – e diz que nem ele próprio viu os produtos ainda. “Está tudo lacrado, veremos juntos. Se houver diferença do que está registrado em ata, devolvemos”, completou.

Sem explicar como fará isso, já que o material, se já está no almoxarifado, já deve ter sido recebido.


7 pensou em “Após denúncias, SEDUC manda processos para TCE, MP e PGE

  1. Esse Bringel nem sabe de nada, é uma rainha da Inglaterra, quem toma de conta disso é a “gang”, (um bando de dinossauros), é que faz todas as mutretagem, entra secretario, sai secretario, mas a gang fica, é do dominio público, é claro que elas tem o apoio da governadora, secretário nenhum, mexe com esse pessoal, elas sabem fazer o negócio direitinho, são profissional, o secretario entra, é logo coptado se não aceita fazer o jogo, querendo dar uma de honesto é boicotado, todos aceitam, elas (A gang), tem o apoio do governo e assim sobreviver. É dinheiro no rodo, todo mundo ganha, Quem não gosta de dinheiro?

  2. Meu amigo, se o cara ja entregou o material é porque ele ja assinou o contrato. Agora pasmem, esse contrato nunca foi publicado. Isso tudo é a máfia do Almir e da Ivana coivara, que atendeu ao pedido do genro. É coisa grauda, tem gente graúda envolvida nessa história. Fique de olho Gilberto, vá la vê esse material, que com 100% de certeza é totalmente desconforme com o termo de referência da SEDUC e da Ata Fabricada em Recife. Outra coisa, esse Bringel tem que mandar esse processo é para o Ministério Público Federal, pois o recurso é federal.

  3. O aparelhamento politico partidário da educação do estado , o está inviablizando há muito tempo , atendendo ao empregos do ptismo e cada qual mais incompetente em gestão , ás vêzes levamos até susto ao entrarmos em determidas repartições , lá estão aboletados , caem de para -quedas e não largam mais o osso. Pobre estado,

  4. Gilberto, depois do feriado volte com esse assunto. A SEDUC ta entregue a uma gangue comandada por esse tal de Bringel que veio de Brasília escurracado, após meter a mão no pote de la. Aqui ganhou a companhia de Almir e de Ivana que teem Phd em bandidagem. Por traz desse procurador Almir, existe um propineiro de marca maior. Acorda Roseana.

  5. Tudo começou desde da entrada de Cesar Pires, acontece que esta robalheira é todas as areas, exemplo, na construções civil todas as obras que não são do interesse pessoal de alguem fica paralisada, abandonada e o empreiteiro não recebe os valores executados, hoje na Seduc, os processo comuns, ou seja sem padrinhos, cria mofo, não anda, enquantos os urgentes bate recorde de celeridade, porque, alguém ganha com isso!, a Seduc não tem uma obra nova em execução, as antigas estão todas paralisadas e abandonadas, cadê o MP. O que está acontecendo com a Seduc é algo nunca visto antes. Então Gilberto ajuda a educação do Maranhão.

Os comentários estão fechados.