Após corte de salário de deputados, barnabés da AL querem aumento

Aproveitando a onda de cortes de salários dos deputados estaduais, funcionários da Assembléia Legislativa querem ver se garantem algum aumento da sua remuneração.

Os barnabés já distribuem panfletos desde a manhã desta quinta-feira (12) conclamando a categoria a se mobilizar para garantir reajustes com os recursos que devem “sobrar” após o corte de três salários de cada um dos 42 deputados maranhenses.

No total, a economia para o legislativo deve ser de algo em torno de R$ 2,5 milhões anuais. É com essa grana que os servidores querem que a Mesa Diretora lhes garanta um aumento.

“Este é o momento da (sic) Mesa Diretora valorizar os barnabés deste Poder”, diz o panfleto (veja cópia acima), distribuído pelo Sindicato dos Servidores da Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão (SINDSALEM), que cita, equivocadamente, o corte de 5 salários dos deputados.

Como se vê, na AL quem menos anda voa…


8 pensou em “Após corte de salário de deputados, barnabés da AL querem aumento

  1. Não sei pq da sua ironia. muito oportuna o pedido dos funcionários da Assembléia, pedir aumento salarial não é crime. Um Poder que a muito tempo não dar aumento, não faz um concurso público, não valoriza de jeito nenhum seus funcionários, tem mais é que prestigiar, chegou a hora então, de conceder este direito aos verdadeiro trabalhadores desta instituição, são honestos, muitos diferente dos come e dorme, apadrinhados e sangue suga que ganham muito sem trabalhar, fazendo uso do nepotismo cruzado, com troca de favores entre os Poderes.
    Esse Presidente Arnaldo Mello, bem que poderia fazer como Sarney faz no Senado, é endeusado pelos funcionários, pq dar aumento adoidado para eles, não sai do bolso de Sarney,(fala mau de Sarney perto de um funcionário do Senado, Vc apanha.), Assim deveria ser tb na ALMA, não pelo puxa-sacos, mas pelo concursados que são poucos.

  2. Gilberto, um servidor e sindicalista que se denomina barnabé – uma expressão pejorativa e em desuso há anos – não merece aumento. O problema é que o sindicato da AL é pelego e exste apenas graças às benesses que usufrui desde os tempos de João Evangelista, que cooptou alguns líderes, ungindo-os com promoções amorais. Ali, servidores que ingressaram como técnicos de nível médio foram transformados num passe de mágica em técnicos de nível superior durante a implantação do PCC da AL, inclusive a presidente do sindicato.
    Por outro lado, os servidores que ingressaram por concurso público EM FUNÇÕES DE NÍVEL SUPERIOR, viraram,por conta de uma canetada de um ex-presidente, AUDITORES, e passaram ganhar até cinco vezes mais que seus colegas que entraram há 25, 30 anos, e que são amparados pela Constituição de 1988, e que continuam com técnicos de nível superior, com salários inferiores aos de seus colegas “AUDITORES”.
    E isso, o Ministério Público chancelou de forma absurda e criminosa.

  3. Esse valor de 2,5 milhões é mais ou menos o que se gasta em uma campanha eleitoral para prefeito em uma cidade do tamanho de Colinas…p,ex.

  4. 1. Plano de cargo e salario da alema vem completando 8 anos e tem perdas salarial equivalente a 11% nunca foi repassado para o salario do servidor da alema
    2. O vala refeição da alema e de 200,00 (duzentos raies) a mais de 8 anos o valaor da refeição do restaurante da assembleia legislativa passou de 15,00 (quinze reais) para 18,50 (dezoito reais e cinquenta centavos)
    3. A função gratificada e de 112,00( cento e doze reais ) a mais de 10 anos
    4. No plano de cargos e salario da alema foi criados tem um grupo denominados de extintos a vagar que foi os mais prejudicados tem seu salários achatados tem grupos denominados consultores que tem salario base no valor de 11,000 (onze mil reais) a uma distorção salarial que deve ser corregidos ate hoje aguardamos solução ada lema mais seu funcionário não são recebidos pele presidente da alema suas reivindicação está na gaveta do rh a espera de uma solução

Os comentários estão fechados.