Rubens Jr. e Luciano Leitoa devem tirar licença

Rubens: saída sem remuneração

Está tudo praticamente acertado entre as partes: os deputados Rubens Pereira Junior (PC do B) e Luciano Leitoa (PSB) devem mesmo tirar licenças e abrir vagas na Assembléia Legislativa, respectivamente, para Othelino Neto (PPS) e Luciano Genésio (PC do B).

O acordo com Othelino foi firmado no bojo da articulação que o tirou definitivamente da base aliada do prefeito João Castelo (PSDB). O popular socialista era secretário de Desenvolvimento Metropolitano até a semana passada, quando entregou o cargo atendendo a uma determinação nacional do PPS, mas amparado na certeza de que assumiria um cadeira no parlamento estadual.

Já Luciano Leitoa, que deve ser candidato a prefeito em Timon, sairá da cadeira para o comunista de Pinheiro.

A diferença entre as duas saídas, segundo apurou o blog, é que Rubens Jr. resolveu tirar licença para assuntos particulares – sem remuneração, portanto, mais seis dias de licença saúde. Luciano Leitoa, “ficará doente” e deve ser beneficiado com uma licença para tratamento de saúde.

Ambos ficam 121 dias fora do parlamento.


4 pensou em “Rubens Jr. e Luciano Leitoa devem tirar licença

  1. Seria bom que, os que vão sair não recebesse os salários, deixaria para seus suplentes, a patifaria começa ai, todos ganham o que sai, e o que entra, todos mamam caladinho, seria bom que acabasse com esta sacanagem de Deputados sair de licença e fica recebendo, é preciso acabar com essa pouca veregonha. Ops! vamos moralizar essa indecência.

    • O Rubens, pelo menos, decidiu não compactuar da patifaria e vai sair sem remuneração. Bom exemplo a ser seguido… isso se ele sair mesmo. que a crise ainda é grande

Os comentários estão fechados.