Agente de trânsito é acusado de agredir motorista

Ronaldo Rodriguez ficou com hematomas no rosto

Um agente de trânsito da Prefeitura de São Luís é acusado de ter agredido, na noite do último domingo (16), um motorista que parou para comprar pão na Cohama.

Segundo a denúncia, o empresário Ronaldo Rodriguez estava acompanhado da família quando parou em frente a uma padaria e deixou um dos seus filhos descer do carro.

Parado na Avenida Daniel de La Touche – enquanto aguardava um outro veículo sair do estacionamento do estabelecimento para poder entrar – ele afirma ter sido  multado duas vezes.

“O primeiro agente multou e saiu, sem sequer descer do carro. Mas eu não sabia que tinha sido multado, só me dei conta depois que a segunda viatura parou atrás e eu percebi que o agente estava me autuando”, declarou ao blog a suposta vítima, que mostra uma cópia do auto de infração ilegível (veja cópia abaixo). “Não sei nem por que fui multado”, reclamou.

Nesse momento, conta Ronaldo, ele desceu do carro para perguntar porque estava sendo multado, já que uma placa no local dizia apenas que era proibido estacionar. “Mas eu não estacionei. Estava parado esperando a vaga”, disse.

Houve discussão e os agentes desceram da viatura. Ronaldo Rodriguez conta que foi empurrado e revidou. O agente, então, desferiu um soco contra a vítima.

Minutos após o início da discussão, um carro do Grupo Tático de Trânsito (GTT) chegou ao local. Testemunhas contam que um dos ocupantes da viatura desceu portando um canivete. “Ninguém me contou, eu vi”, garante Ricardo Milan, irmão da vítima.

Ronaldo acabou imobilizado e levado, dentro do camburão – a pedido dele próprio -, ao Plantão do Cohatrac.

Outro lado

O agente envolvido na confusão, que se identificou ao blog apenas como Junior, disse que foi ele quem revidou a uma primeira agressão da suposta vítima. Ele contou que multou Ronaldo Rodriguez porque o veículo que ele dirigia ficou muito tempo parado na faixa da direita da Av. Daniel de La Touche.

“No local há uma placa que proíbe estacionamento”, frisou.


14 pensou em “Agente de trânsito é acusado de agredir motorista

  1. Passei ontem pelo local na hora da confusão. Uns 2 km antes de chegar ao local, passaram por mim, uma viatura da PM, e 3 carros sa SEMTUR, imaginei que tivesse acontecido um acidente gravíssimo ali próximo. Quando finalmente passei em frente foi que percebi que se tratava de uma briga da trânsito. Tinham no total 5 viaturas da SEMTUR e uma da PM. Será que precisava disso tudo???? Na minha opinião um completo exagero, fora que tava complicando o trânsito, já que pela qantidade de viaturas, as pessoas assim como eu, imaginavam ser algo grave.

  2. Todos esses fatos merecem profunda apuração, sem dúvida. Mas é preciso que se diga que os motoristas da nossa cidade têm que se conscientizarem que as regras existem para serem cumpridas.
    Os condutores de veículos de São Luís, em sua maioria, acham que tem sempre que estacionar na porta do local onde pretendem freqüentar. Não podem andar sequer alguns metros estacionando um pouco mais distante.
    E esse caso, em particular, é ainda mais grave, já que o motorista bloqueava a faixa de rolamento direita de uma grande avenida, provocando transtornos a outros condutores que trafegam pela via.
    A SMTT deve apurar a conduta desse Agente de Trânsito, mas a população deve ser mais educada e cumprir as regras vigentes.

    • esse rapaz que comentou é da SMTT, ele nem falou da agressão do agente, já chega, eu particulamente já ouvir um agente falando que eles entraram pela porta da frente e nunca vão sair – CARLOS

      • Da SMTT, ou não, continuo achando o comentário dele pertinente… o que não invalida a denúncia de agressão contra um cidadão… grato pela participação

  3. Caro Carlos, eu não sou da SMTT. Sou apenas um cidadão que sofre diariamente com problemas de trânsito, inerentes a todas as cidades de grande porte, causados muitas vezes pela falta de educação de motoristas irresponsáveis, que pensam apenas nos próprios umbigos.
    O poder público tem a obrigação de cuidar desses problemas, mas sozinho, sem a contribuição da população, não chegará a lugar algum.
    Carlos, você afirmou que eu não tratei da agressão supostamente cometida pelo agente de trânsito. Equívoco seu. Eu disse que todos os fatos merecem profunda apuração e no trecho final ratifiquei dizendo que a SMTT deve apurar a conduta desse agente de trânsito.
    Qualquer pessoa com o mínimo de discernimento e/ou boa vontade percebe que “fatos” e “conduta” diz respeito às supostas agressões denunciadas.
    Obrigado.

  4. Perguntar não ofende: PQ A NOTIFICAÇÃO Q APARECE NA FOTO, ESTÁ AMASSADA??

    Caro Gilberto, quero elogiar sua imparcialidade, em ouvir e publicar as 2 versões do fato: a do motorista e a d agente, vale salientar ki tal posicionamento é típico de poucos profissionais da imprensa do MA…

  5. Essas atitudes de AUTORITARISMO sao a imagem da administracao CAOStelo.
    Eh Gustavo? Vai a merda…

Os comentários estão fechados.