Advogados são presos acusados de cobrar R$ 400 mil para “sumir” com processo no TJ

Marco Túlio Dominici

A Polícia Civil, por meio da Secretaria Estadual de Investigação Criminal (SEIC), em operação realizada na tarde desta quinta-feira (19), prendeu o advogado Marco Túlio Cavalcante Dominici, presidente da Associação dos Criadores do Maranhão, e o advogado Francisco Reginaldo Duarte Barros.

Os dois foram presos em flagrante acusados de ter cobrado R$ 400 mil do empresário Savigny Sauaia – colega de associação de Dominici – para fazer um processo “desaparecer” no Tribunal de Justiça.

Savigny já havia denunciado a concussão – crime cometido quando funcionário público exige vantagem indevida – e proporcionou a preparação de uma “emboscada” para os dois advogados.

Duarte

O flagrante foi feito no escritório do empresário que procurou a SEIC por estar sendo chantageado pela dupla de advogados. Toda a operação foi filmada pela polícia.

Marco Túlio presta serviço como assessor no Tribunal de Justiça, e atua na área da advocacia. Os advogados estão presos na SEIC, em São Luís.

(Com informações do blog do Marcial Lima, em primeira mão, às 15h40)


3 pensou em “Advogados são presos acusados de cobrar R$ 400 mil para “sumir” com processo no TJ

  1. Gilberto quero ver se vocês jornalistas vão ter coragem de ir a fundo nesse caso ou se vão ficar com medo do poder do judiciário. Pois é evidente que os dois advogados estão a serviço de algum magistrado.

Os comentários estão fechados.