Extinto auxílio-saúde a ex-deputados

Um acordo entre o líder do Governo, deputado César Pires (DEM), e a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa proporcionou a aprovação, hoje (25), de projeto de resolução que extingue o auxílio-saúde de R$ 1050,00 a ex-deputados estaduais.

A proposta havia sido protocolada há duas semanas por Pires. Na última quinta-feira (19), o deputado Tatá Milhomem (PSD) pediu vistas do projeto enquanto ele apreciado na CCJ, e deu voto contra a proposta, por entender que a matéria seria de competência da Mesa Diretora.

Houve intensa troca de farpas entre Milhomem e Pires na última segunda (23) por conta disso, mas o democrata aceitou a posição da Comissão e acordou a apresentação de novo projeto, com o mesmo teor, pela Mesa Diretora. O que ocorreu na manhã de hoje.

Com isso, está oficialmente extinto mais um privilégio na Assembléia Legislativa.


1 pensou em “Extinto auxílio-saúde a ex-deputados

  1. Notícias como esta são cristalinas demonstrações de que ainda existem parlamentares comprometidos com o povo e a ele deve proporcionar respostas aos seus anseios. Os privilégios aos parlamentares na Assembléia Legislativa do Maranhão afrontava a dignidade de todos os funcionários públicos e por que não dizer de toda a sociedade maranhense que rotineiramente enfrenta toda a sorte de argumentos para que sequer sejam recuperadas as perdas salariais ao longo dos anos. Os aumentos em geral estão abaixo de indíces aceitáveis sempre com as informações de que o Estado do Maranhão é uma unidade federativa pobre e números acima dos disponibilizados afetaria a própria administração estadual e as leis em vigor, portanto os privilégios recebidos pelos parlamentares em realidade representavam uma verdadeira contradioção com as suas defesas.

Os comentários estão fechados.