Denúncia sobre “irregularidade” de viatura da Blitz Urbana é fraude

Este blog é reconhecidamente um dos mais combativos críticos das práticas pouco ortodoxas de alguns agentes de trânsito da capital.

Estacionamentos proibidos, flagras de agentes dirigindo com uma mão só, cobrança de propina em blitze pela cidade… Tudo isto já foi denunciado aqui, sempre mostrando que, justamente onde a obediência às regras de trânsito deveria ser intransigente, proliferam casos de desrespeito.

É o que dá vazão àquele famoso ditado: “Casa de ferreiro…”

Mas, ontem, começou a circular pela internet, notadamente o Facebook, a imagem acima. A maioria dos indignados internautas que compartilhou a foto criticava o fato de homens da Blitz Urbana estarem carregando pessoas – uma criança, inclusive – na carroceria de uma viatura.

As reações foram as mais revoltadas possíveis. Mas sem razão.

Todos cometeram, na verdade, uma grande injustiça.

No afã de simplesmente mais uma vez “espetacularizar” o que, aparentemente, seria uma conduta ilícita dos agentes, muitos sequer atentaram para alguns detalhes da imagem.

E tome paulada nos coitados.

O blog não caiu nessa, por um motivo básico: está claro que a viatura da Blitz Urbana que aparece acima participava de uma das muitas procissões que aconteceram durante todo o fim de semana em homenagem aos 400 anos de Proclamação do Evangelho em São Luís.

Basta ver a camisa de um dos “passageiros” e o quadro que eles carregam – muito provavelmente com uma imagem da Virgem Maria.

Ou seja, ao invés de infringir a lei, a viatura, na verdade, dava apoio a uma procissão. Algo parecido com o que caminhões-tanque do Corpo de Bombeiros fazem em eventos maiores.

O blog, assim, espera ter contribuído para o debate com uma preocupação única: não cair no lugar-comum da crítica rasteira, para que não se perca a autoridade de voltar a apertar o dedo na ferida quando for realmente necessário.


23 pensou em “Denúncia sobre “irregularidade” de viatura da Blitz Urbana é fraude

  1. É caro amigo. Percebi que as pessoas estavam a serviço quando vi a imagem. Mas o fato de estarem a serviço não justifica infringir a Lei. O objeto ali levado deveria ter sido amarrado. A imagem não transparece uma procissão, dada a velocidade que o veículo estava. O carro de Bombeiros é uma exceção, não permitindo o CBT veículos de carroceria carregar passageiros na carroceria.
    Abraços.

    • Mas como saber a velocidade? A mim, parece que estavam em baixa velocidade, basta ver que quem bateu a foto estava parado e, mesmo assim, conseguiu uma boa foto de um carro em movimento. Teria o “fotógrafo” uma câmera profissional? Não me parece… Sim, o carro de Bombeiros é uma exceção… Mas pq só o carro de bombeiros? por acaso ele não é dotado de carroceria tb? o CBT é claro quando diz que só carro de bombeiros pode participar de procissão? Não creio… O fato é que não podemos criticar por criticar… Vc mesmo reconhece: “Percebi que as pessoas estavam a serviço quando vi a imagem”. Se estavam num procissão, não vejo mal algum…

      • No CBM-MA é proibido também, além de ser transgreção disciplinar não seguir as normas do CTB.
        Normalmente não se vê as viaturas do corpo de bombeiros fazendo este tipo de transporte. Mas vez ou outra, autoridades do Estado resolvem prestar honrras militares a autoridades civis que falecem, mesmo sem direito a tais horras. Por ex cortejo em vtr.

        • E o que dizer de desfile com atletas das mais variadas seleções nacionais? Nunca vi ninguém fotografar e denunciar

  2. Parabéns pela imparcialidade, Gilberto! Isso reforça a certeza de que as críticas que você faz são pontuais e muito corretas.

  3. Caro Jornalista,
    Carro ofiicial não é para estar em “procissão” de igreja nenhuma. Isto, no meu ver configura uso polítítico, e o que é pior, transgredindo leis do trânsito.

    • De forma alguma… Se assim for, um carro dos bombeiros não pode desfilar com seleção brasileira e uma taça de copa do mundo… ou vc acha que pode? Dois pesos e duas medidas é que não dá.

  4. O estado não é laico? O fato de a viatura está servindo a um evento religioso não retira o fato de que os agentes estão infringindo a Lei. Independente da velocidade e da situação é visivelmente perceptível que as pessoas alí, incluindo a criança, não possuem nenhuma proteção correndo sérios riscos.

    • Sim, o estado é laico… isso quer dizer que a Blitz está aí num evento católico e pode estar, sem problema nenhum, num evento evangélico tb… simples assim.

  5. Tava infringindo a lei sim, e isso é inadimissivel.
    Aquela viatura NÃO poderia levar pessoas na carroceria ( a menos que houvesse uma autorização do DETRAN e para casos de extrema emergência).
    Todos os dias veiculos são multados transportando passageiros em carrocerias de viaturas conforme o flagrante.
    Foi infração sim e, infração cometida pela “autoridade” é CRIME.

    • Não concordo. Essa era uma situação especial. Sendo assim, temos que banir os desfiles em carro aberto com atletas das mais variadas seleções brasileiras…

  6. Levei uma multa na avenida Camboa e recebi a notificação que parei em cima da faixa de pedestre… só que não tinha faixa de pedestre. Isso é caso de denúncia ou ta correto?

  7. Boa Tarde !

    Gilberto sou Carlos André , Assessor da PJ da Paroquia da Gloria , o carro da blitz saiu da Igreja São Miguel na Ivar Saldanha levando o icone de nossa senhora a pedido nosso porque o outro carro estava Carregado a Cruz da Jornada Mundial da Juventude, para o bairro Vinhais velho , tinha dois carros da PM no apoio foi so isso sem infrigir nada apenas ajudado essa grande festa que foi a passagem da cruz por São Luis .

    Carlos André
    Assessor da PJ da Gloria

    • Mt obrigado pela informação precisa. Tomara que os acusadores agora percebam o engano que cometeram…

      • O problema é o risco de vida que a criança corre ao ser transportada sem a devida segurança. Mesmo sem infringir lei alguma.

  8. Só em São Luís mesmo que carregamos santos em carros. Quem deve carregar os santos são as pessoas, e não os carro nas procissões carregarem pessoas. Desculpa mais esfarrapada essa!

    E outra coisa carro público não é para estar carregando santo ou símbolo de qualquer religião. Que alugem das Escolas de samba os carros alegóricos, pois é isso que as igrejas estão realizando hoje em dia é desfile de escola de samba e não procissões. Para carregar Santo tem uma coisa chamada “andor”

    • Engraçado que nunca vi esse levante contra carro de bombeiro carregar seleção brasileira

  9. Fato é que, independentemente das infrações possivelmente cometidas e estar participando de um evento especial, a presença de uma criança na carroceria sem as devidas medidas de proteção, assim colocando sua vida em risco, coloca em xeque o trabalho daqueles que deveriam dar exemplos para um trânsito seguro.

  10. É jogo do sete erros? Cadê a fraude? O trabalho da blitz é de grande valia para o municipio, mas tentar juatificar o erro falhou feio blogueiro!

  11. A foto é verdadeira. Para os burros: não é fraude! Pode levar a Nossa Senhora do Caralho de Asa. Sob a luz do Código de Trânsito Brasileiro, é infração. O poder público deveria dar exemplo. União, Estados e Municípios. Ainda que o carro estivesse parado no meio da avenida, seria infração – por outro motivo. Não importa a velocidade. Ponto! E ainda tem a criança! O fato de você, Gilberto, achar uma bosta vinda do mar, nunca lhe dará o direito de cagar na praia! À luz do CTB, não existem situações especiais! Se você quiser, pode reclamar do desfile da seleção no carro de bombeiros em 2002: “vitória certa”.

    • Quero ver essa sua verborragia quando o carro do corpo de bombeiros carregar a seleção brasileira de futebol de novo

Os comentários estão fechados.