ABRE O OLHO, SET! Castelo vai licitar transporte coletivo

Frota de ônibus será ampliada no fim de semana

Pressionado pelo Ministério Público, o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), encaminhou, esta semana, mensagem à Câmara Municipal com o Projeto de Lei que atualiza a legislação sobre a prestação de serviço público de transporte coletivo no âmbito do município.

A medida faz parte dos procedimentos necessários para a deflagração da concorrência pública nacional para o sistema de transporte coletivo da capital maranhense. Na mensagem, Castelo pede que o projeto seja apreciado e votado em regime de urgência.

O SET continua apostando que o projeto não sai do papel.

“A citada atualização se faz necessária, tendo em vista que a legislação municipal que atualmente rege as relações do transporte coletivo está defasada – Lei Municipal nº 3.430, de 31 de janeiro de 1996 – em relação à Lei federal nº 8.987, de 13 de fevereiro de 1995, suas alterações e principalmente à Lei Orgânica do Município”, diz um trecho da mensagem.

O processo que visa à abertura do certame licitatório começou a ser articulado pela Prefeitura desde o mês de abril de 2011, quando o prefeito João Castelo, por meio de decreto, criou uma comissão com o objetivo de realizar um amplo estudo sobre as condições de operação de todo o sistema de transporte público da cidade.

“Nosso objetivo é lançar em breve o edital de licitação, que terá regras bem determinadas, com a definição clara das responsabilidades tanto do poder público quanto da iniciativa privada, para que as partes assumam o compromisso de garantir um transporte público ágil, seguro e de qualidade”, afirmou o prefeito. “A realização de uma licitação para novas linhas já vinha sendo tratada como prioridade desde o início da nossa gestão, como uma das providências fundamentais para a melhoria do transporte público da capital”, enfatizou.

Poderão participar da concorrência pública empresas de todo o país, desde que atendam aos rigorosos critérios estabelecidos no edital. Esta medida permitirá que o Município tenha melhores condições de cobrança dos serviços, exigindo que as empresas cumpram com mais presteza as demandas da população e as suas obrigações contratuais.


6 pensou em “ABRE O OLHO, SET! Castelo vai licitar transporte coletivo

  1. Eu espero é que o projeto saia. Precisamos de uma melhora efetiva no plano dos transportes em São Luís e o Prefeito está tomando os passos certos. Reclama-se tanto do trânsito e eu tenho certeza é de que só com essa “ampliação” é que a coisa vai melhorar, já que cada vez se torna mais fácil a compra de carros…

  2. SE ESSA LICITAÇÃO REALMENTE ACONTECER , VAI SER UMA DAS MELHORES COISAS QUE JOÃO CASTELO FARÁ PELA POPULAÇÃO DE SÃO LUIS.
    ESSAS EMPRESAS DE TRANSPORTES COLETIVOS DE SÃO LUIS PRESTAM UM PÉSSIMO SERVIÇO A POPULAÇÃO DA NOSSA CIDADE , TÁ NA HORA DE TER UM PREFEITO COM CORAGEM PRA COLOCAR ORDEM NESSE SETOR.
    VAMOS LÁ JOÃO CASTELO, A POPULAÇÃO ESTÁ DO SEU LADO SE ESSA LICITAÇÃO SAIR DO PAPEL , MORALIZE O SETOR DE TRANSPORTES COLETIVOS DE NOSSA CIDADE.

  3. Em primeiro lugar, é preciso esclarecer alguns pontos, primeiro; a pressão do MP para Castelo, segundo; os Vereadores, o Povo ficar na dependência dos Edis, ambos não tem nenhum interesses para beneficiar a população, já que vivem da ajuda financeira destes empresários para suas campanhas eleitorais. Parabéns então ao MP!
    O terceiro ponto diz respeito a quantidade de empresas por linha, o Cohatrac por exemplo precisa de no mínimo três empresas para fazer concorrência entre si, só assim se tem melhora substaciais, uma vez que das três avenidas que dão acesso ao bairro em todas a sua extensão, somente uma, a que fica entre o Cohatrac l e o Cohatrac ll, que é a de maior circulação dos ônibus de passageiros, trazentos engarrafamento nos horários de picos. pois é onde se concentra os maiores fluxo de passageiros, que vem de todos os Cohatrac e dos bairros adjacentes. Vamos aguardar!

  4. Há anos São Luís precisa de mudanças no transporte coletivo. São inúmeros problemas: Falta de limpeza nos ônibus. As vezes me causa até repulsa ter que segurar nas armações internas de tanta sujeira. Muitas baratas (em qualquer linha). Não existem coletores de lixo. Moro no São Raimundo e sofro bastante. O pior mesmo é saber que ninguém respeita os horários. Onde moro não podemos contar nem mesmo com a quantidade específica de ônibus. Por exemplo: há dia em que o S.R. Via Rodoviária passa entre 7:20h e 7:35h. E outro em que não aparece durante uma manhã inteira!! E ninguém dá explicações a respeito. Quando a gente reclama que o ônibus está muito velho, temos que ouvir piadas do cobrador ou do motorista dizendo que se o passageiro não gostou que vá de táxi! O usuário paga mas é tratado como se estivesse pegando carona. Outra coisa muito séria é quando há greve dos rodoviários. A gente paga a passagem para eles nos deixarem na metade do caminho e ninguém devolve nosso dinheiro! um absurdo! Sem falar que diminuem a quantidade de coletivos sem darem a menor satisfação à sociedade, pois acredito eu, que acham que quem anda de coletivo é miserável e que não precisa de explicação. Mas somos todos CONTRIBUINTES! Quando isso vai acabar?

    • Vamos torcer para que a licitação saia do papel e o transporte melhore na nossa cidade…

Os comentários estão fechados.