“O MA está com esta característica de se autoflagelar”, diz José Sarney

Da Coluna do Sarney

O Oceano Atlântico, antes de ser nominado e descobertos sua extensão e mistérios, era chamado de “mar tenebroso”, “mar oceano”, não se sabia o que existia além da navegação da costa africana, o que deixava aberta a imaginação da existência dos monstros marinhos que habitavam esse mundão de águas cujos limites não se tinha noção nem se tinha limites. Seu nome vem da mitologia grega, mar de Atlas, este deus grego que nós vemos carregando o globo terrestre nas costas.

Agora, vejo há muitos meses – coisa inédita no Brasil – ser São Luís a cidade que tem todas as suas praias interditadas por águas poluídas. As águas delimitadas, cercadas, podem ter aferidas seu grau de poluição. Um oceano é impossível. O Atlântico ocupa 20% da superfície da terra. São Luís está aberta para o Oceano Atlântico, isto é, vamos repetir para estes 22% da superfície da Terra. Pois bem, nas bordas do Atlântico inteiro existem cidades como Nova Iorque, de 10 milhões de habitantes. Pois bem, perde para São Luís, que com o seu primeiro milhão de habitantes é capaz de poluir o Oceano Atlântico, com a diferença de que lá a maré não chega a dois metros e aqui vai a sete. Essa lâmina d´água, que de seis em seis horas vai e vem, é poluída por uma população de 200 mil habitantes que é a que no máximo habita a área das praias. A praia poluída é em terra, sujeira, dejetos e tudo mais que ali se deposita. Mas a água do Oceano Atlântico que vai e vem num volume que se renova, não é a mesma a toda maré, não cabe na cabeça de ninguém que possa poluir uma faixa tão estreita de terra e aí fique presa todo tempo para não deixar ninguém tomar banho. Alguma coisa está errada. Ou a medição do Oceano Atlântico ou a medição dos nossos laboratórios. São Luís tem uma média de tratamento de esgoto de 10%. A cidade inteira. A média das capitais do Nordeste é de 8%. Recife tem três milhões de habitantes e 5% de esgoto tratado. Suas praias estão livres. Pois é aqui que não se pode tomar banho em todo o litoral brasileiro! Isso pode entrar na cabeça de alguém? Alguma coisa, repito, está errada!

O Maranhão está com esta característica de se autoflagelar. Tivemos um tempo em que espalhamos no Brasil, com dinheiro do povo maranhense, um out-door com a frase “Maranhão, o Estado mais Miserável do Brasil”. Agora, são as praias “poluídas, impróprias para banho”. O próximo cartaz – já passou na televisão – dirá: “Não vá ao Maranhão, praias transmitem doenças”.

Não estou a favor de liberar a Prefeitura (praia é área de prefeitura) da obrigação de manter as praias limpas. Do mesmo modo, a Caema de identificar os riachos que deságuam as águas poluídas e tratá-las. Agora, levar ao extremo de dizer que o Oceano Atlântico está poluído e justamente escolher suas águas impróprias para banhar Olho d’Água, Araçagi, Calhau, Ponta d’Areia, Praia do Meio, Caolho, Ribamar, Raposa, Guia, São Marcos, e disso fazer um escândalo nacional contra o Maranhão é demais!

Sou daqueles que compreendem que saneamento é saúde e prioridade. Roseana lançou o programa de saneamento para dentro e um ano e meio termos 30% de esgoto tratado e dentro de cinco anos, 100%, projeto inédito no Brasil.

Agora, esse programa de que estamos poluindo o Oceano Atlântico me faz lembrar aquela história nossa: “Isso é um jabuti trepado no pau. Ou é coisa de gente ou de enchente”.


23 pensou em ““O MA está com esta característica de se autoflagelar”, diz José Sarney

  1. Quem mais polui o Maranhão és tu Sarney… Onde vou, como maranhense orgulhoso, tenho o desprazer de responder que sou de tua terra…

  2. Sarney virou um velhinho engraçado,daqueles que se sentam na porta de casa, com um pau pra se apoiar, e ficam contando causos!! E que pela senilidade avançada sentem dificuldade em continuar a entender a realidade. Ow vovô,é sua filhota danada que não liga pro MA e nem briga com a CAEMA!!!

  3. Esse cara acha que a gente é idiota, quer dizer que a merda não é de São Luis é de outro lugar, puta merda!
    Porque ele não fala a verdade que São Luis, ou melhor, o Maranhão não tem esgotamento e tratamento sanitários da merda produzida todo santo dia!!
    Porque ele não pede para a filhinha dele botar para funcionar as Esatções de Tratamento de Esgoto para funcionar? Será porque tem que gastar dinheiro com insumos e energia elétrica é isso?
    Vitória do Espirito Santo, uma das capitais brasileira que é ilha, está comemorando por ter 100% do seu esgoto tratado, porque lá eles podem fazer isso aqui não?
    Ainda bem que poucos tem acesso a essa Coluna do Sarney no Estado do Maranhão, porque vou te dizer quanta cara de pau desse sujeito.

  4. gilberto o prefeito de presidente vargas entrou com pedido de abes porpos preventivo. sera que ele ta devendo ou é sou uma segurança pra ele.?

    mas que não deve não teme! concorda?????????

  5. Rapaz, é muita cara de Pau, falar da poluição das praias com se não tivesse nada haver com isso…manda no Maranhão há 5 décadas, é um dos principais responsável pelas mazelas que afetam nosso Estado, um dos mais pobres do Brasil, em consequência das mesquinhas e desastrosas administração dos Sarneys…

  6. O pres.Sarney continua muito esperto e,tenta confundir os maranhenses.Quiz dizer q o oceano atlantico é imenso e só São Luís não poderia poluí-la e,o oceano tem a “vazante” e, isso “limparia”levando os dejetos que o governo estadual por inoperancia deixou acontecer.Bem,para que isso acontecesse(limpeza)seria necessário que durante a vazante(+/- 6 horas)seria necessário que TODOS os afluentes de esgotos que jogam 11.000 litros/hora,também PARASSEM DE JOGAR ESGOTO NO MAR.O pres.Sarney é inteligente e,sabe disso mas,por que não confundir mais uma vez seus conterraneos?

  7. Alerta aos juristas do grupo Sarney, as praias são bens da União Federal e não da Prefeitura de São Luís como colocou o nosso eminente Senador! Ei SPU não deixa o Sarney colocar isto. Quanto a comparação de São Luís com outras capitais no que compete ao esgotamento sanitário, a cidade padece com a falta de um emissário submarino para lançar os efluentes longe das praias, Fortaleza tem um emissário funcionando há mais de 25 anos. Aqui não tem sequer projeto! por seu turno acho difícil o percentual de tratamento chegar a 100% como prometeu o sarney.Só se investir mais de um bilhão de reais e mesmo assim existem outras dificuldades na mesma pasta como a duplicação da adutora. A questão da poluição é mais grave pelo fato de nossa ilha situar-se num golfão servido por diversas bacia e microbacias hidrográficas, tal aspecto faz com que no período de chuvas a quantidade de água doce iniba a salinização fazendo aumentar o volume de coliformes fecais.Não se pode colocar a culpas nos coitados dos laboratoristas.Alguém já viu a foz do rio pimenta em fotografia de satélite, pois vejam para saber a realidade. A triste situação da CAEMA fez com que o pobre ludovicense perder o seu maior entretenimento a praia do fim de semana, belo presente de 400 anos. A pretensão de colocar São Luís como cidade turística fez água de vez. Bem disse o Lula ao declarar que São Luís uma cidada cercada de merda por todos os lados. Oh maranhão que tanto se autoflagela, porém os seus tenazes na forma de palafitas, esgotos a céu aberto e falta de abstecimento dágua parecem ser bem reais a qualquer leigo estimado Senador!

  8. bigode,convoco você,rosengana,caostelo, e toda essa politicada pra tomar um banho, em nossas praias. é só marcar dia e hora,que faltarei ao meu serviço só pra acompanhar esse banho dos nossos notáveis.

    MI COMPRE UM BODE.

  9. O AQUECIMENTO GLOBAL SOMADO A FORÇA OCEÃNICA QUE SOBRE O MARANHÃO REPRESENTA A CORRENTE BRASIL, DE CONFORMIDADE COM MEDIÇÕES ABALIZADAS EM DADOS OCEANOGRAFICOS E CLIMATICOS, DEIXARÁ SEQUELAS A CIDADES COM NIVELAMENTO PROPICIO A ESSA CATASTROFE JÁ EM ANDAMENTO. AS HABITAÇÕES CONSTRUIDAS NAS MICROBACIAS NA ILHA DE SÃO LUIS, SERÃO AS PRIMEIRAS A EXIGIR DECRETAÇÃO DE CALAMIDADE PUBLICA.

  10. Cada vez mais ridículos os comentários do senil Sarney. Não sabia que ele era especialista em análises quimicas!!!

    Senador, faça um bem para a nação. Afaste-se do governo brasileiro, deixe a política maranhense caminhar por pernas próprias e vá se tratar (tá ficando fácil detectar que a cabeça não está mais raciocinando adequadamente).

    Quanto ao conteúdo deste artigo, prefiro não comentar tamanha imbecilidade!

  11. RSRSRSRS!!!VOCES PODEM ATÉ NÃO CONCORDAR MAS QUE FOI UMA TIRADA INTELIGENTE, ISSO FOI!
    P.S: AOS QUE AGRIDEM O SR. SARNEY, ESSES SÃO MOVIDOS POR RANCOR E/OU ÓDIO E PORTANTO, DIGNOS DE PENA POIS NA IRRACIONALIDADE, PERDEM TODA A RAZÃO, INCLUSIVE A DE SER………

  12. Quer dizer que a culpa é da prefeitura que não trata o esgoto e não da Caema que não possui rede de esgoto instalada? Quer o quê? Que o Castelo saia colhendo esgoto com a mão e coloque no local adequado ao tratamento? A Caema deveria ter rede de esgoto com despejo em diversas estações de tratamento, tudo responsabilidade da CAEMA, ou seja, Estado, ou seja, Roseana Sarney. O nome diz tudo “saneamento básico”. Há 50 anos no poder e não o fez? Agora usam desculpa que “São Luis cresceu demais”. E daí? Se tivessem feito desde 1960 quando chegaram ao poder hoje isso não existiria. O pior é que mesmo roubando dá pra fazer. É só desinteresse e usura, mesmo.

  13. Eh neh, fazer o que…. Enquanto todo lugar que viajo evolui…. São Luis continua a mesma cagada… de quem eh a culpa??? a população??? Não, acho que não…. mas vcs sabem de quem estou falando.

  14. Seus conterrâneos continuam elegendo membros dessa facção há anos. Querem que tudo melhore do dia para a noite?

  15. Dá até vontade de chorar ao ler tamanha IMBECILIDADE; chorar porque simplesmente perdi a fé que os eleitores vão, algum dia, acordar e expulsar PARASITAS como o Senador Sarney do governo brasileiro. Não vou continuar com os insultos ao Senador porque não vale mais a pena… Uma pessoa que, como ele, vê a miséria em que seu povo vive e ainda consegue ser assim tão DISSIMULADO não sente culpa. Acabei de voltar ao Maranhão depois de 5 anos e 7 meses morando no exterior, e posso dizer que, com exceção de melhorias efetuadas por iniciativas privadas, nada mudou por aqui.

Os comentários estão fechados.