Escutec/O Estado: Luciano Leitoa mantém liderança em Timon

De O Estado

A dois dias das eleições municipais, pesquisa Escutec/O Estado revela que o favorito para eleger-se prefeito de Timon é o deputado estadual Luciano Leitoa (PSB), da coligação “Unidos por Timon”. Ele aparece no levantamento, realizado dias 1° e 2 de outubro, com 51,5% das intenções de voto no cenário estimulado.

Em segundo lugar, mas praticamente 30 pontos percentuais atrás, está o atual vice-prefeito da cidade, Edivar Ribeiro (PMDB), da coligação “Para o Trabalho Continuar”. Candidato apoiado pela prefeita Socorro Waquim (PMDB), Edivar teria apenas 22,4% dos votos se as eleições fossem hoje.

Seis pontos percentuais atrás do peemedebista – e, portanto, tecnicamente empatado com ele – está o também deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), que encabeça a coligação “Timon é Daqui pra Frente” e aparece com 16,4% das intenções de voto. O empate técnico justifica-se porque a margem de erro da consulta é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Denúncias

Distantes do primeiro colocado, Edivar Ribeiro e Alexandre Almeida ainda digladiam-se em acusações mútuas às vésperas da eleição, o que pode ter prejudicado o desempenho de ambos na reta final. Na última segunda-feira, dia 1°, por exemplo, o peessedista denunciou o adversário ao Ministério Público Eleitoral (MPE) por suposta compra de votos. Apresentou como prova um vídeo, em que o peemedebista aparece oferecendo R$ 30 mil à esposa de um candidato a vereador. Procurado por O Estado, ele não quis se pronunciar sobre o assunto.

A resposta veio um dia depois. Aliados de Edivar Ribeiro fizeram vazar na imprensa local uma gravação em que o deputado estadual aparece supostamente confessando que teria usado sua estrutura de gabinete na Assembleia Legislativa para pagar compromissos, assumidos na campanha eleitoral de 2010. Em nota, Almeida disse que a gravação é uma montagem e que acionará judicialmente quem produziu o que chamou de montagem.

A pesquisa Escutec/O Estado realizada em Timon apontou ainda que o candidato Miguel da Costa (PSOL) tem apenas 2,2% das intenções de voto. Dos eleitores entrevistados, 1,7% declararam votar em branco, ou nulo, e outros 5,7% disseram não saber ainda em quem votar, ou não responderam a pergunta.

O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral dia 29 de setembro, sob o protocolo MA-444/2012. Foram ouvidos 402 entrevistados, para uma margem de erro de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos, e intervalo de confiança de 95%.

Definição

O levantamento apontou também que o eleitorado de Timon já está praticamente todo definido sobre em quem votar. Dos entrevistados que apontaram algum nome na pesquisa, nada menos que 85,1% disseram que já escolheram seus candidatos e não admitem mais mudar o voto. Apenas 10,2% dessa parcela afirmam que podem alterar a escolha. Não souberam ou não responderam 4,7%.


1 pensou em “Escutec/O Estado: Luciano Leitoa mantém liderança em Timon

Os comentários estão fechados.