Ex-prefeito de Pio XII escapa, por pouco, de ser capturado pela PF

O ex-prefeito e atual secretário de Agricultura de Pio XII, Jonatas Jeová da Silva Filho, escapou, por uma questão de minutos, de ser preso pela Polícia Federal, no inicio do mês.

Jeová tem mandado de prisão decretado pelo juiz Ney Belo Filho, da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal, por desvios de verbas do SUS durante a sua administração, de 1993 e 1996.

A sorte do ex-prefeito é que a PF cumpriu em Pio XII, dia 1º de dezembro, um outro mandado de prisão, contra o ex-candidato a vereador Osilio Odilo (PRB). Ao saber da prisão, Jeová acionou seus advogados, quando descobriu que também seria e saiu da cidade antes de ser capturado.

Ela já conseguiu uma liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e, por enquanto,  não pode ser preso. O Ministério Público Federal (MPF) deve recorrer para derrubar a decisão e garantir que o ex-gestor vá para a cadeia.

Desvios

Jonatas Jeová foi condenado após denúncia do MPF, em 2011. A quebra de sigilo bancário da Prefeitura indicou que o acusado foi beneficiário de um cheque no valor de 208 mil reais, sacado em espécie. Irregularidades como rasuras em notas fiscais e utilização de outros valores de forma injustificada também foram encontradas.


3 pensou em “Ex-prefeito de Pio XII escapa, por pouco, de ser capturado pela PF

  1. Vem cá, esse juiz, não é filho daquele ex secretário de Infraestrutura do governo de Jakson Lago que foi preso e algemado justamente pela Policia Federal?

Os comentários estão fechados.