Cliente encontra inseto em pudim do Supermercado Mateus

pudim_mateusA nutricionista Ariane Coelho denunciou hoje (11) em sua página pessoal no Facebook haver encontrado um inseto (aparantemente uma pequena barata) num pudim adquirido numa das unidades dos Supermercados Mateus em São Luís – ela não especifica qual.

“Definitivamente comer fora de casa por aqui é um perigo!! Sobremesa da padaria do Mateus, então!!! Alô Vigilância Sanitária..”, escreveu.

É o terceiro caso de insetos encontrados em alimentos de estabelecimentos da capital em menos de um mês. No final de maio uma criança encontrou uma barata num prato do Spoleto, no São Luís Shopping.

No sábado passado,  foi um cliente do Subway do Shopping da Ilha quem fez denúncia parecida.

Tem algo errado com o controle de qualidade dos restaurantes e lanchonetes de  São Luís.


23 pensou em “Cliente encontra inseto em pudim do Supermercado Mateus

  1. Vai comer pudim logo no Mateus?! Não justifica, mas é pedir pra comer porcaria. Tem gosto de que? Andam comendo tanto aí pra bandas do Maranhão que tô até curioso de saber o sabor.

  2. Oã supermercados e mix Mateus estão dando um show de maus serviços. Produtos deteriorados e fora da validade são postos à venda na maior cara de pau! Iogurtes dentro da validade mas sem condiçôes de consumo também são a especialidade dessa rede. O que està acontecendo? Cadê o controle de qualidade? Os embaladores parecem que não passam por nenhum treinamento. Misturam coisas geladas com enlatados, pilhas com legumes, e outras besteiras mais. E a questão da diferença de preços entre o exposto na gôndola e o que é registrado pelo sistema de caixa? Brincadeira, parece até que tudo isso é de propósito. Já somos o estado pior em tudo mesmo! Que falta de respeito!!!

  3. Agora virou moda! É bicho para todo lado, daqui a pouco os espertalhões vão começar a pedir indenizações. Nutricionista? Entendi, o resto é mera coincidência e já que fecharam o Spoleto, quero ver agora fechar o Mateus.

  4. mais: ontem no sup. MAteus da Cohama no caixa de número 6 a balança não estava calibrada e pesando 1,300Kg acima do que se comprava, apos passar várips sacos com frutos e já estranho o peso enfim passei 2 mangas e as msms pesaram mais de 2Kg, paguei td a compra e em seguida pedi p que tds as frutas fossem novamente pesadas no caixa ao lado e pasmem td estava 1,300Km a mais…. a supervisora refez a conta e me devolveu td que paguei a mais e nem um desculpa pelo constrangimento…. fiquei tão chocada e sem reação ao pensar em qts pessoas haviam passado com suas compras naquela balança do caixa 6.

    • bom saber. O que sempre acontece comigo é o preço no caixa diferente do preço da prateleira. O caixa fica com cara de c$u% qdo peço para confirmar o valor.

      Mas, agora já sei a primeira coisa que vou colocar é 1kg de açúcar na balança do caixa.

      valeu

  5. A cozinha desses supermercados e fast foods são que nem passado de puta, é melhor nem conhecer.

  6. Essa da balança descalibrada no MATEUS também já aconteceu comigo. Parece que sempre tem algo pra dar um lucrinho a mais, sempre a favor do supermercado. Por isso eu acho que é pensado. Se colar, colou. Quantos clientes lesados, hein? Cadê o procon, ministério publico, vigilância sanitária?????? Inmetro, Anvisa, Min Saúde??? Policia????

  7. Gilberto cuidado com essas denúncias, isso está me cheirando migúe desses clientes, não q eu esteja defendendo a classe empresarial, mais acho q só o primeiro caso foi fato, esses outros está cheirando falcatrua.

    • Sempre tomo o cuidado de salvar a denúncia tal qual está no perfil do denunciante… até para não avocar para mim uma crítica que não em suma minha

  8. É um absurdo o que vem ocorrendo nas redes de alimentação em São Luís, é uma falta de responsabilidade com a saúde pública da capital, respectivamente passei por uma infecção alimentar devido à falta de higiene oferecido nessas redes de alimentação em São Luís.

  9. Já fiz um comentário referente a este Supermercado, e vou fazer de novo.
    Uma sorte dessas não ocorre comigo, toda vez que vou neste supermercado, procuro, torço pra encontrar alguma irregularidade nestes termos, mas não acho.
    Se eu achar, como diz o malandro “é sal”!

    • “É sal”?
      Tu és um bacaba mesmo. É por isso que o Brasil é do jeito que é, por culpa de pessoas desocupadas e oportunistas como vc, Sandro.
      Não precisa ser muito esperto para saber que encontrar corpo estranho em alimento, por si só, não gera dano moral, apenas direito de receber pelo que pagou!
      é sal…

  10. OUTRO DIA LÁ NO MATEUS DO SHOPPING TROPICAL, ESTAVA COM ALGUNS AMIGOS LANCHANDO QUANDO UMA ENCONTRA UMA MOSCA BEM NO SALGADO, PERGUNTAMOS SE FAZIA PARTE DO TEMPERO.

    A MAIORIA DESSES ESTABELECIMENTOS NÃO FAZEM DEDETIZAÇÃO MENSAL.

Os comentários estão fechados.