Maranhão criou mais de 700 leitos no Saúde é Vida

hospital

 Os investimentos realizados pelo Governo do Maranhão, por meio do Programa Saúde é Vida, nos últimos três anos, resultaram num aumento de 76,62% no número de leitos hospitalares na rede estadual de saúde. Em julho de 2009, eram 971 leitos, e hoje são 1.715, incremento de 744 vagas. Estes dados são do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Ministério da Saúde.

Analisando os dados do CNES, o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, lamentou que o esforço empreendido pelo Governo do Estado, entretanto, não tenha sido seguido na mesma proporção pela rede federal, que no mesmo período só implantou mais 10 leitos no Maranhão, um incremento de apenas 1,75% em quatro anos.

A maior redução foi de leitos na rede privada, que diminuiu em 43,70% o número de leitos contratados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo explicou Murad, o fechamento de 1.182 leitos na rede hospitalar privada contratada pelo SUS contribuiu para que o Maranhão fosse o estado da região Nordeste com maior perda no número de vagas. “Com a moralização do pagamento das AIH´s, muitos hospitais privados que pertenciam a políticos desativaram leitos contratados pelo SUS, principalmente no interior do estado”, constatou.

Ricardo Murad observou ainda que a nova política de assistência psicossocial também contribuiu para a redução do número de leitos de psiquiatria, por conta da implantação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) e das Residências Terapêuticas.

Diferentemente do restante do país, o Maranhão está implementando o maior programa de construção de hospitais públicos no Brasil, por meio do Programa Saúde é Vida, que até o final de 2013, implantará mais 980 leitos públicos no Estado.

Do investimento superior a R$ 1 bilhão que o Governo do Estado está fazendo na construção e ampliação de unidades de saúde e na aquisição de equipamentos, o Governo Federal contribuiu com apenas R$ 18 milhões. “O Maranhão está fazendo a sua parte para aumentar a oferta de leitos à população e com atendimento de qualidade, com novas instalações físicas, modernos equipamentos e profissionais competentes para garantir a assistência pública e de qualidade que o SUS prevê”, finalizou Ricardo Murad.

 Secom


5 pensou em “Maranhão criou mais de 700 leitos no Saúde é Vida

  1. Onde se encontram todos este leitos de Hospitais Gilberto Leda?, e mais meu caro jornalista, lhe faço a seguinte pergunta; Vc acha que a governadora Roseana Sarney esta fazendo algum favor ao povo do Maranhão?, isto é obrigação do governo e foi pra isso que ela foi eleita, por tanto não coloque isso da forma como é colocado cada beneficio que o governo faz, pois da forma como é postado pelos blogueiros de plantão assim como vc, cria uma conotação politica de que ela esta fazendo favor ou dando esmola ao Maranhão, Maranhão este que ja lhe deu mais do que recebeu da Senhora Governadora.

  2. Ao todo são 72 unidades hospitalares, sendo 64 de 20 leitos e oito de 50. Uma dessas unidades de 20 leitos já está em pleno funcionamento no município de Lago dos Rodrigues e outras dezenas serão entregues à população até o final de 2011. A partir dessa nova estrutura, será implantado um novo modelo de assistência à saúde, em um processo de regionalização que está em discussão.

  3. NOBRE QUE DIZER QUE OS PACIENTES DE SÃO LUIS QUE PRECISAREM DE SER ENTERNADOS DEVERÃO SE DESLOCAR PARA OS HOSPITAIS QUE FORAM INAUGURADOS NO INTERIOR, POIS QUE SABER QUANTOS LEITOS FORAM CRIADOS EM HOSPITAIS ADIMINISTRADOS PELO GOVERNO DO ESTADO EM SLZ

Os comentários estão fechados.