Prefeitura “garante” Bilhete Único, mas…

Ônibus foi depredado em recente manifestação / João Ricardo/G1 Maranhão

Ônibus foi depredado em recente manifestação / João Ricardo/G1 Maranhão

Depois da péssima repercussão da confissão  da própria Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) de que não há sequer previsão de quando será implantado o Bilhete Único em São Luís (reveja aqui o parecer tecnico encaminhado ao deputado Eduardo Braide), a mesma secretaria emitiu nota  “reafirmando” que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) cumprirá uma das suas principais promessas de campanha.

O comunicado oficial, no entanto, assim como o parecer, também não estipula prazo para isso e volta a citar a necessidade de “de criteriosos estudos e projetos”, além de afirmar que a proposta será efetivada no bojo da licitação dos transportes – que já foi adiada uma vez e não se sabe quando ocorrerá de fato.

Para quem não está conseguindo licitar a compra de leite (veja), imagina resolver uma licitação do sistema de transporte, com  Bilhete Único incluído.

De qualquer forma, segue a nota da SMTT para conhecimento e debate.

NOTA

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) reafirma a determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de implantar o Bilhete Único no Sistema de Transporte Coletivo da Capital, conforme compromisso de campanha.

A SMTT informa ainda que a implantação do Bilhete Único será precedida de criteriosos estudos e projetos e dar-se-á no processo de licitação pública do sistema de transporte, que se encontra em fase de elaboração pela Fundação Getúlio Vargas.

São Luís, 17 de setembro de 2013

Carlos Rogério Araújo

Secretário Municipal de Trânsito e Transporte


2 pensou em “Prefeitura “garante” Bilhete Único, mas…

  1. Caro Gilberto, bom dia.
    Sou contra as comparações, porém em alguns casos somos levados a tal, tendo em vista a disparidade entre os comparados. Vejamos, todos os prefeitos eleitos assumiram ao mesmo tempo. A região metropolitana de Fortaleza tem uma população estimada de mais de três milhões de pessoas, com certeza o número de usuários de transportes públicos de lá é superior a população total de São Luis. Bem como a quantidade de empresas de ônibus também.
    Pergunto: por que raios eles já implantaram este sistema de bilhete único com controle facial, e aqui ainda estão iniciando os estudos? Será que aqui é mais complexos que em Fortaleza ou simplesmente julgam-nos idiotas e desinformados?
    Quando não sabemos perguntamos ou copiamos, não existe demérito nisso, por que vou reinventar a roda? Invés da FGV (que reconheço sua excelente reputação) por que não a empresa que implantou em Fortaleza? Poderia até ser mais barato e rápido. Qual a vergonha nisso? Vergonha é demonstrar incompetência como gestores públicos e quem paga a conta é quem menos pode. Esta é a renovação prometida? Meu deus. Abraço…Maria

Os comentários estão fechados.