Governo do Estado garante reajuste salarial a policiais militares

roseanaApós os professores e demais categorias de servidores públicos terem, da governadora Roseana Sarney, a garantia de reajuste integral previsto no Plano Geral de Cargos e Carreiras (PGCE), os policiais militares serão os próximos beneficiados. Em março, a tabela de vencimentos da corporação será reajustada linearmente em 7%.

“Conforme acordo firmado, implantaremos agora em março reajuste salarial em benefício da categoria. A exemplo dos professores e demais servidores públicos estaduais, estamos também honrando o compromisso assumido com os policiais militares”, destacou a governadora.

Com o reajuste de 7%, um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80 em 2013, a partir de março deste ano terá sua remuneração elevada para R$ 2.564,58.

O secretário de Estado de Gestão e Previdência, Fábio Gondim informou que até este ano o reajuste dos policiais militares estava previsto em acordo firmado com o governo. A partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6% já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor.

Na quarta-feira (19), em torno de 88 mil servidores, entre ativos e aposentados, tiveram da governadora a certeza de que terão integralmente reajustados seus salários, cujos índices de aumento chegam até 34%. É o caso dos funcionários que integram o grupo ocupacional de atividades de apoio administrativo e operacional (ADO), nível técnico. Esse mesmo grupo registra reajuste acumulado de 66% desde a implantação do PGCE, em 2012.

Já o grupo de Atividades de Nível Superior (ANS), da Administração Geral, acumula desde 2012, aumento salarial de 81%. A maior variação registrada desde a implantação do PGCE e que chega a 155%, beneficia o professor do grupo Educação – Ensino de Artes e Cultura.

Vale ressaltar que os reajustes previstos no PGCE estão condicionados a determinado percentual de crescimento da Receita Corrente Líquida (RCL), parâmetro que foi acordado entre Governo do Estado e sindicatos e estabelecido pela Lei no 9.664.

Em 2013, a Receita Corrente Líquida cresceu 13%, menos que os 18,07%, o que inviabilizaria a aplicação do PGCE em sua totalidade. Para não prejudicar o servidor, a governadora Roseana Sarney anunciou o reajuste integral, assegurando assim que funcionários do grupo ANS, da Administração Geral, por exemplo, tivessem o aumento previsto pelo Plano, de 29%.


14 pensou em “Governo do Estado garante reajuste salarial a policiais militares

  1. ELA SEMPRE FEZ O POSSÍVEL.
    Meus amigos, a governadora jamais iria deixar os MILITARES sem reajuste salarial. É lamentável que já tinha uma articulação armada para convencer os militares a entrarem em greve, mas quebraram a cara, receberam um não até porque MILITAR MANTEM A ORDEM PÚBLICA E RESPEITO A AUTORIDADE COMPETENTE e não admite baderna. OLHA SÓ, a governadora em nenhum momento deixou de pensar nos militares e agora confirma o seu entendimento.

    No mais, me reporto com o meu reconhecimento pelo compromisso da governadora com os militares, e à eficiente equipe de governo.
    Parabéns GOVERNADORA.

    • Roseana Sarney é a melhor Governadora do Maranhão em 2014!!!!! Parabéns porque ainda tem gente que acredita em Papai Noel e Coelhinho da Páscoa também. Com tantos puxa-sacos duendes fica fácil. Valeu!!!

  2. Caro blogueiro, sei que talvez não tenha conhecimento e, por sua vez não saiba a real e verdadeira história. Na greve da PM e BM, fizemos um acordo para “reposições” salarias ou seja, perdas do anos anteriores a 2011. Aumento caro blogueiro não temos desde 2012. Será se esta dificil pra entender??? Poxa! Sei que vc é da “situação” mas fale com essa governadora parar de mentir e falar a verdade, se não quer dar reajuste tudo bem, mas não engane nós PMs e BMs.

  3. Leda , respeito sua opinião mas nunca perca a coerência na defesa de quem quer seja. A verdade é que mesmo antes da greve o secretário Fabio Gondim nunca sinalizou com a inclusão da ´PM no plano de cargos e salarios. Mesmo a categoria tendo realizado uma paralisação de advertencia em frente a assembleia nenhuma palavra foi dada pelo governo. O mesmo gondim afirmou depois que a não inclusão da PM foi ordem expressa da governadora em represália a greve , usou o termo a PM está de castigo. O que se questiona é o por que de ser só a PM a ficar de castigo se diversas categorias fizeram greve antes do anuncio do plano e ainda sim foram incluidos. Gilberto , a governadora esquece que seu maior adversario na disputa pelo senado será o vice-prefeito Roberto Rocha que tem um historico de luta em favor da classe policial militar. Essa fantasiosa matéria só faz aumentar a ebulição dentro dos quarteis e deixará o sucessor da governadora em situação critica de governabilidade. É preciso que o grupo politico da governadora entenda que aquele tempo de conversa pra boi dormir e que tudo podemos acabou e que hoje sua rejeição dentro dos quarteis é de quase 100%. O maranhão hoje ja figura entre as piores remunerações do nordeste,isso é fato. Será que todo os esforços feitos para evitar a intervenção no estado não foram suficientes para a governadora ter um minimo de sensibilidade com a corporaçao.

  4. Mais uma farsa dessa governadora, que ainda está obrigando os novos policiais a trabalharem sem estar nomeados. É mais uma ilegalidade. E se preparem pra nao haver policiamento no carnaval na capital, pois eles estão se articulando para nao trabalharem.

  5. ESSE TAL DE FABIO GONDIN E ESSA TAL DE ROSEANA SÃO DOIS MENTIROSOS,FABIO GONDIN FALOU QUE OS MILITARES ESTAVAM DE CASTIGO, EU TENHO FÉ EM DEUS DEPOIS DA ELEIÇÃO QUEM VAI FICAR DE CASTIGO E ELA.

  6. Essa governadora terá a reposta é na urna. Será que ela esqueceu que somos nós Policiais Militares, somos deslocados para diversos cantos do Maranhão no período eleitoral, e que nós sabemos os modos operandi do seu grupo na captação de votos, ou seja, comprar votos. Nós daremos o troco a ela.

  7. O nome disso é palhaçada, ela não deu reajuste nenhum e ela não quer enganar pms e Bm não, isso faz parte dessa eterna enganação desse governo que usa esses tipos de blogs aqui para tentar ludibriar o povo, e outra coisa caro blogueiro, ninguém na polícia se arrependeu de fazer greve não, um estado como esse nosso que a falta de respeito impera, não temos outra opção a não ser paralizar, a polícia militar está carregando essa crise nas costas, e o que ela nos dá em troca?! Nada!!! Corja de mentirosos. Antes de dar a resposta nas urnas, vamos mostrar a importância dessa classe, a polícia tem que para e mostrar a esse governo e seus joguinhos caducos que ninguém acredita mais neles e nem nessas matérias compradas, tentando ludibriar o povo Maranhense. Já chega de tanta mentira!!

Os comentários estão fechados.