Flávio Dino reage a críticas por participação no Carnaval e culpa “oligarquia”

dinoO presidente da Embratur e pré-candidato ao Governo do Estado pelo PCdoB, Flávio Dino, reagiu ontem (6), por meio de suas páginas em redes sociais, às fortes críticias que tem recebido pela inusitada aparição na passarela do samba de São Luís, fantasiado de integrante de bumba-meu-boi, no último dia de carnaval.

Segundo Dino, tudo é perseguição da oligarquia. “O patrimonialismo da oligarquia maranhense se estende aos bens imateriais, como o bumba-meu-boi e o carnaval. Acham que são donos…”, escreveu.

O que o comunista parece não haver percebido é que ninguém criticou sua ida à passarela do samba, com ornamentos de bumba-meu-boi. O que se critica é a exposição da visita pela mídia aliada ao seu projeto, o que deu ao fato contornos de oportunismo político.

A pergunta que se fez foi: por onde andou Flávio Dino nos carnavais de anos em que ele não era candidato a nada?

Para Dino, no entanto, tudo é perseguição da oligaraquia – que deve ter sido, em última análise, quem ordenou que até mesmo seguidores do comunista o criticassem pela promoção política da visita (veja aqui).


8 pensou em “Flávio Dino reage a críticas por participação no Carnaval e culpa “oligarquia”

  1. “O que se critica é a exposição da visita pela mídia aliada ao seu projeto, o que deu ao fato contornos de oportunismo político.”

    MAS NO TEU BLOG E NOS BLOGS DOS TEUS COLEGAS QUE ESTÃO ELENCADOS NO TOPO DESSA PÁGINA PODE FALAR TODO DIA DE LUIS FERNANDO INAUGURANDO VIELA, BANCO DE PRAÇA, ESTRADA DE TERRA, MATA BURRO… QUANTOS PESOS E QUANTAS MEDIDAS?

    • sim… e exaltar dino pelos seus feitos na embratur me parece legítimo tb… agora querer fazê-lo um admirador do nosso carnaval em ano de eleição é complicado… rsrsrsrssr

  2. Vocês todos promovem o candidato de vocês em cada passo que ele dá, o que é normal. Igualmente os que apoiam o Flávio, o fazem. O bombardeio sincronizado por toda a blogosfera oligarca é que realmente denota uma apropriação indébita do patrimônio que é de todos. Ele recebe bordoada e tem direito a revidar. Muito simples.

  3. Cônico, mesmo, , foi a retirada da máscara – em pleno carnaval – da Praça do Panteon (Deodoro), mostrando a cara toda remendada da Prefeitura de São Luis, motivo de muita diversão para transeuntes, que insistentemente perguntam de que forma foi a reforma. O impressionante é que a obra teve um orçamento de 304.000,000 (aproximadamente). Eu até pensei que esse montante era pelo valor das ilustres estátuas que serão colocadas nos pedestais – que de nada condizem com a realidade de nossa cidade-, só que tive informações “dentro do PC do B”, que foi feito uma busca dos bustos dali retirados- sendo que foram encontrados. Onde ?! Não sei !

    Bem; só nos resta cantarolar:

    A MESMA PRAÇA, OS MESMOS BANCOS…
    TUDO É IGUAL MAS ESTOU TRISTE…
    OS MESMOS ERROS…

    Marco Antonio Carvalho Diniz

  4. Esse rapaz calado é um poeta… Aparece completamente descontextualizado no carnaval que nunca frequentou aqui em São Luís, e nem frequentaria se não fosse a a eleição para governador, e ainda fala besteira depois…. Aff

  5. Dino já foi melhor de argumentação,agora ele só sabe dizer que tudo é culpa da oligarquia.
    Depois vai dizer que esse negócio de boi em carnaval é coisa da oligarquia.

Os comentários estão fechados.