Blitz Urbana remove barracas da Avenida Litorânea

blitz1A Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) de São Luís, por meio da Blitz Urbana, deflagrou hoje (4), nos estabelecimentos localizados ao longo da Avenida Litorânea, a Operação Praia Segura, decorrente de uma recomendação do Ministério Público, com o objetivo de sanar dano ambiental, proteção ao patrimônio natural da cidade,  e coibir excessos no uso e ocupação do solo no local.

A recomendação do Ministério Público é em razão da colocação de barreiras físicas (cercas e tapumes) em faixa de praia para demarcação de bares no local, impedindo o livre acesso e circulação de pessoas na área, configurando privatização da área de uso comum do povo.

blitzNa oportunidade, foram demolidas uma estrutura para colocação de um telão e uma estrutura para afixar mesas na praia. Foi realizada também a retirada de aterro na margem do Rio Pimenta para garantir proteção a esse ecossistema e segurança aos moradores da área.

Além disso, outras irregularidades são verificadas na área, tais como: colocação de toldos e cobertas em áreas laterais às barracas, a instalação de cercados de madeira e cordas, a implantação de mesas fixas no passeio público ou na praia, bem assim a colocação de estruturas cobertas e palcos.


9 pensou em “Blitz Urbana remove barracas da Avenida Litorânea

  1. Tem de passar aqui no Vinhais do lado oposto da Churrascaria O Gaucho, próximo ao EletroMateus, tem uma carreta que está estacionada há meses em cima da área de calçada e ninguém faz nada.

    Cadê o Promotor Claudio Guimarães que tirou aquele fusca velho do Pirata da Litorânea?

    Cadê a Blitz Urbana?

  2. Perfeito….parabéns, era tudo padronizado e agora é uma baderna, poluição visual podre. Agora não esqueçam das outras localidades: barracas e traillers de lanches espalhados pela cidade, invasões antes da ponte do Ipase (nos dois sentidos)….um monte de outras coisas que deixam a cidade mais surja que sempre foi!!

  3. Quero ver fazer essa operação na Ponta D’areia (praça do Sol). Por lá existe uma das maiores ocupações desordenadas do solo e ainda serve de estacionamento. Completamente abandonado. Um local que é ponto turístico.

  4. Estão de parabéns o Prefeito de São Luís, através da Blitz Urbana (SEMURH), e o Ministério Público do Maranhão, com a atuação firme do Promotor Cláudio Guimarães!!!

  5. E aquelas barracas horríveis lá do anel viário ficará para o próximo gestor
    será que ninguém tem coragem de tirar aquela vergonha de lá, aquele abrigo é da época do prefeito Mauro Fecury mais de trinta anos. Tantos prefeitos passaram e todos esqueceram aquele local.

  6. Babaquice ao extremo. Maranhense gosta é de porcaria . Deviam era tacar fogo nesse estado de merda. Qualquer lugar do mundo tem barraca na praia.

  7. Triste ver essa cena!! E por isso aue essa orla nao vai pra frente e o Turismo nao evolui!!!! E so ir ai em Fortaleza e olhar as barracas maravilhosas estruturadas onde podemos levar a familia e as criancas!! Aqui eles so destroem o aue ta organizado e muita falta de organizacao de trabalho deviam procurar era trabalhar direito e fazer um servico de qualidade, nao essa palhacada pra querer aparecer na midia e mostrar esse servico de pessima qualidade !!! Triste ve depredarem um local organizado , a litoranea nunca vai ser organizada porque esses politicos so quererm mostrar servico assim PESSIMO !!!

  8. O que eu não entendo na postura da Prrfeitura e principalmente do MP é que Eles afirmam que a ocupação é irregular, tudo bem-posto até concordar, mas ao mesmo tempo que alguns bares da Litorânea desagradam uma parte da população, agrada outras tantas, assim como recentemente derrubaram várias construções no Barramar com o mesmo argumento de que era ocupação irregular, mas perto do Barrsmar, na Rua Copacabana próximo da praia, o muro de uma casa ocupou meia pista e ninguém obriga o proprietário a recuar no seu muro, assim como o MP e a Prefeitura não usa de força para devolver a Via Pública à população que passa espremida nos muros, já houve até acidente nesta Rua, ali sim uma pessoa só se beneficiou em detrimento de toda a população, e não há providência nenhuma.

Os comentários estão fechados.