Empresa ligada a irmão de Flávio Dino ganha contrato de R$ 110 mil no Governo

(Foto: Sergio Lima/Folhapress)

(Foto: Sergio Lima/Folhapress)

De O Estado

O Diário Oficial do Estado do dia 10 de fevereiro traz publicada em sua página 35 uma ratificação de dispensa de licitação que culminou com a contratação emergencial de uma empresa ligada à família do governador Flávio Dino (PCdoB).

O contrato foi firmado entre a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) – mais precisamente para atendimento a uma demanda da Secretaria Adjunta de Tecnologia da Informação (Seati) – e a Copiar Center Ltda, no dia 5 de fevereiro.

Pelo valor de R$ 110 mil, e por três meses, a empresa prestará, segundo a publicação oficial, desde “serviços de locação de impressoras a laser […] envolvendo instalação dos equipamentos”, até “impressão de relatórios no ambiente de rede local em mainframe IBM”.

Na prática, a empresa será a responsável por imprimir contracheques dos servidores do Estado, relatórios de folha de pagamento, além do próprio Diário Oficial.

A ligação com a família do governador vem da sócia majoritária da Copiar Center Ltda. Dados da Junta Comercial do Estado do Maranhão (Jucema) mostram que a empresa é de propriedade de Nadson Lycio Quariguasy Pereira Veras, detentor de 5% do seu capital social, e de Glenda Frota Albuquerque Cordeiro, que detém 95% do capital.

A sócia majoritária é irmã de Sandra Frota Albuquerque Dino de Castro e Costa, esposa de Nicolao Dino e, portanto, cunhada do governador Flávio Dino.

MC_Ministerio_Publico_Federal_Foto_Marcelo_Camargo06Apta

Em nota a O Estado, a Seplan argumentou que a cunhada do irmão do comunista, bem como o seu sócio, estavam “em pleno gozo de seus direitos” à data da licitação e que, portanto, sua empresa estava apta a prestar serviços para o Governo do Estado.

“Todas as pessoas jurídicas de direito privado que atendam aos requisitos legais e cujos sócios estejam em pleno gozo de seus direitos estão aptas a prestar serviços ao Poder Público”, diz o comunicado.

Procurado pela reportagem, o secretário de Estado de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry, também defendeu a contratação da Copiar pelo Governo do Estado.

Ele garante que a relação pessoal não definiu a contratação emergencial. E justificou o fato de que a nota oficial da Seplan ignora completamente o parentesco entre a sócia majoritária e cunhada do governador. “Precisamente por não ser este o critério, como se vê nas explicações dadas”, completou.


31 pensou em “Empresa ligada a irmão de Flávio Dino ganha contrato de R$ 110 mil no Governo

  1. Isso é esquema que vem lá da UFMA , através do secretário adjunto ” nta de Tecnologia da Informação “Nélio Alves Guilhon

  2. Que confusão essa? quer dizer que Glenda detém 95% e Madson 5%. E a sócia majoritária e Sandra? Francamente, dessa vez tua lucidez foi longe demais.

    • A paixão deixa a visão turva, só pode.

      “A sócia majoritária é irmã de Sandra Frota Albuquerque Dino de Castro e Costa, esposa de Nicolao Dino”

      Mais claro do que isso, acho que seria impossível

  3. Essa “mudança” está melhor do que eu imaginava.
    FD é um craque em dissimulação!
    Empresa da cunhada do irmão!
    Nada demais isso né?

  4. MEUS AMIGOS, QUANDO JOSÉ REINALDO INDICOU SINTIA MOTA, UMA PESSOA SEM EXPERIÊNCIA, PARA O CARGO DE SECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO EU JÁ SABIA QUE ERA PARA A SEPLAN FICAR NO COMANDO DESSES LARÁPIOS. FLAVIO DINO VEM SE COMPORTANDO DE MANEIRA SAGAZ AOS COFRES DO ESTADO. A SEPLAN MERECIA UM TÉCNICO CAPACITADO E NÃO ESSA SINTIA QUE É FILHA DE UMA EX-SERVIDORA DA SEPLAN E MANTEM UM HOTEL EM BARREIRINHA ONDE ZÉ REINALDO E SUA ATUAL PASSAM MOMENTOS INESQUECÍVEIS. ESSE GOVERNO É DA MUDANÇA?

  5. É interessante mostrar a nota oficial de esclarecimento da SEPLAN sobre o assunto:

    NOTA DE ESCLARECIMENTO

    Sobre a contratação emergencial de empresa, para executar serviços de impressão de documentos para o governo do Estado, a Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), esclarece que:

    1. A Secretaria Adjunta de Tecnologia e Informação (Seati) realizou contratação emergencial em face de encontrar equipamentos obsoletos e da necessidade de impressão dos contracheques, relatórios críticos de folha de pagamento do Estado, Diário Oficial do Estado, além de relatórios do Siplan, Siafem, Siagem, por se tratar de serviço de natureza contínua, cujo contrato anterior expirou no dia 8 de fevereiro de 2015;

    2. Há seis meses, os serviços de impressão da empresa anteriormente contratada CSF Serviços Digitais Ltda, eram realizados precariamente. Uma impressora de grande porte estava parada por falta de peça, o que resultou no atraso frequente da impressão do Diário Oficial do Estado, embora estivesse com pagamentos em dia;

    3. Após o devido processo legal com base em pesquisa mercadológica junto às empresas especializadas no ramo, com todas as especificações técnicas para realização do objeto, previsto em termo de referência, quatro empresas foram consultadas: Copimar, Copiar, CSF Digital e Copystar;

    4. As propostas técnicas foram recebidas, acompanhadas de termo de visita técnica, e após análise dos documentos, a empresa Copiar Ltda. apresentou menor preço global, estimado em três meses, no valor de R$ 110.160,00, sendo declarada vencedora do certame;

    5. Informa ainda que paralelo ao procedimento emergencial foi iniciado e está em curso o processo licitatório para a contratação de empresa para prestar serviços por um período de 12 meses;

    6. Todas as pessoas jurídicas de direito privado que atendam aos requisitos legais e cujos sócios estejam em pleno gozo de seus direitos estão aptas a prestar serviços ao Poder Público.

    São Luís, 27 de março de 2015.
    Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento

    • trechos da nota estão na reportagem reproduzida no blog. No jornal, há um tópico específico com todos os detalhes da nota

    • Pelo que conversei com algumas pessoas que passaram pela seatii, nunca houve parada da impressão dos serviços como diário oficial. Porém o secretário professor da seati conhece já os serviços da copiar na Ufma.
      É bom ficar de olho neste rapaz. Tirou boa parte dos bons profissionais deixando somente alguns é estes têm sido deixado de lado. Faz as coisas escondidas e inventa decisões em grupos.

  6. Pelo seu raciocínio tosco, coitado dos empresários que têm ligação com alguém da família do Dino: eles jamais poderão vender ou prestar serviços para o governo. O que você deveria fazer é solicitar o processo da licitação (use a Lei de Acesso à Informação – LAI) e verificar os preços e se tudo está correto. Pare de ser centurião do Sistema, levante o bumbum da cadeira e investigue. Só procurar vínculos atávicos com Dino é muito simplista.

  7. Assim é o critério Marcio Jerry, ajudar os próximos, todos sabem disso, os duncionarios contratados pelas OSCIPS que o digam, entao essa explicacao oficial é apenas conversa p boi dormir! Governo da mudança! Os comunitas gostam de $!

  8. Dispensa de Licitação para contratação da empresa da irma da cunhada..
    Nao acredito q essa empresa seja a unica em SL a prestar esse tipo de servico..
    Acho q no caso de dispensa de licitação e emergência somente os parentes resolvem..
    Kkkkkkk…
    Governador nao se faça desacreditar!!!

  9. Houve dispensa de licitação? Qual o problema de fazer licitação? Tanto criticaram os antigos gestores do grupo Sarney pelas numerosas (e por isso mesmo, vergonhosas) dispensas de licitação, e agora fazem exatamente igual?

  10. Cara viúva,
    vocês estão confundindo Dino com Jackson.Este último se deixou achacar pelo poder midiatico da oligarquia ,aquele jamais irá ceder ao seu modu operandi.
    Fazendo falsas acusações como se fosse verdadeiras , só irá diminuir ainda mais a credibilidade de vocês , que já é pequena .
    vou-lhe dá um conselho : procura outro modo de vida , em vez de escrever inverdades . Vá vender jornal na rotatória do são francisco, e a dica é JP e J. Impacial

    • inverdades? tanto é vdd que, em vez de contestar a reportagem, Dino passou o domingo inteiro apenas atacando Sarney

  11. Quando essa mulher foi diretora financeira da Assembléia Legislativa passou o tempo todo viajando e fazendo tratamento para emagrecer, ela é incompetente, o Governador Flávio Dino deve fazer melhor avaliação dos secretários, pois alguns são totalmente incompetentes.

  12. Mudou somente as estações, as praticas são as mesma, esse governo de Flavio Dino sera a copia fiel do governo de Jakson Lago, onde os assessores saquearam o Estado.
    Tudo que ele criticou no governo de Roseana ela ta fazendo e ainda bota a culpa em Sarney pelos erros dele.

  13. Dino é como a Dilma : criaturas cujos criadores foram Zé Reinaldo e Lula .
    Dino está mais preocupado em se projetar nacionalmente crente que o Brasil é o Maranhão( essa frase é da revista veja à ocasião da descoberta da dinheirama encontrada pela PF no escritório de Jorge Murad) e entregou o comando pro rato Jerry
    Ambas as criaturas foram apresentadas como vestais, probos e competentes , sendo que Dino se elegeu pela primeira vez comprando votos financiados por Ze Reinaldo , Humberto Coutinho e Tema e Dilma na esteira da popularidade de Lula.
    A verdade sobre a Dilma já esta ai , não demora a verdade sobre FD também vai aparecer.
    Outro ponto em comum é a eterna negação dos atos sujos como esse , e sempre atacar quem os relata . Nunca rebatem ou discutem seus atos , preferem sempre desqualificar quem os revela.
    Querem fazer parecer que são diferentes , mas demonstram cada vez serem iguais ou até piores que os antecessores. TAMOFU!!!

  14. O governo Dino tá parecendo o governo da estrela. Até 2002 a estrela fazia campanha falando de um tal “modo petista de governar” e deu no que deu.

    Hoje sabemos qual é o “modo petista”: mensalão, petrolão, clientelismo à Venezuela (bolsa isso, bolsa aquilo, bolsa, bolsa, bolsa) e muitos outros malfeitos.

    O governo Dino já começou a aplicar largamente fisiologismo e apadrinhamento. É consultar o DOE… e conferir.

  15. Pingback: O que mudou, Flávio Dino?!? - Imperatriz - MA

  16. Caro Gilberto, você deve ta de brincadeira. A empresa pertence a cunhada do irmão do governador e a matéria já coloca tudo em suspeição. Vamos parar com isso. Você é um jornalista de grande credibilidade, mas agir assim, me faz duvidar do seu conceito. Vamos tentar fazer o maranhão crescer e não inventar situações para direcionar a opinião da crítica.

    • leia a matéria e tente me apontar onde há qualquer ilação sobre a suspeição do processo. O que há é um relato sobre a contratação, sem qlualquer juízo de valor. Isos quem está fazendo são os leitores. Uns contra a contratação, outros, como o amigo, a favor.

      • Caro Gilberto, leio este blog vez ou outra, graças a forma e a finalidade com que o mesmo serve. Ressalto que leio apenas para ter um certo conhecimento do contraditório.

        Acredito que você a essa altura já tenha ciência da nota divulgada pela Copiar Center a respeito de sua reportagem lá no pasquim (MINHA opinião pessoal sobre aquele jornal).
        Quero ver se você terá a grandeza de se retratar.

        • Caro Anderson, agradeço a deferência.

          A Copiar não encaminhou nota a mim. Se encaminhar, publico, assim como publiquei a manifestação do Governo sobre o caso.
          Adeais, publicar a nota, não significa se retratar, até pq não há do que se retratar no caso, já que apenas noticiei a contratação e o vínculo familiar entre uma sócia da Copiar e o irmão do governador.
          Tudo verdade.
          Tudo documentado.

  17. Essa confusão toda é porque a Copiar denunciou o TJMA ao CNJ por conta de uma licitação fraudulenta de 20 MILHÕES que estava armada para a CSF ganhar. E a CSF estava na SEATI num contrato emergencial,com máquina parada a mais de 6 meses e ainda recebendo. Fizeram uma nova contratação com o valor inferior ao contrato da CSF.

  18. DISPENSA DE LICITAÇÃO É É ÚLTIMO CASO. ESSES ARRANJOS DE EMPRESAS DE PARENTES É UM FLAGRANTE ESQUEMA DE NEGOCIATA. SÓ QUEM NÃO ENTENDE DA LEI DE LICITAÇÕES É QUEM ENGOLE ESSA DONA SINTIA MOTA.

  19. Pingback: Dino diz que denúncia não repercute no dia em que o UOL publica matéria sobre a Copiar | Gilberto Léda

  20. Pingback: Contrato do governo com empresa ligada a irmão de Flávio Dino é denunciado ao MP e do TCE | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.