Stênio Rezende diz que é “equívoco” tentar ligar governo a agiotagem

stenioO deputado Stênio Rezende (PRTB) rebateu hoje (22), o discurso duro feito pela deputada Andrea Murad (PMDB) contra o governador Flávio Dino (PCdoB), durante sessão realizada ontem (21), no plenário da Assembléia Legislativa.

“Na ânsia de fazer oposição a qualquer custo, a deputada Andrea Murad comete equívocos ao tentar envolver o governador em episódios que ele não tem nada a ver. Entendo como legítimo o papel que a oposição representa na Assembléia, mas não podemos aceitar que a tribuna acabe se tornando um espaço para o ‘vale-tudo’”, disse ele.

Andrea revelou na tribuna que José Wellington Leite da Silva Leite, assessor da Secretaria de Estado de Assuntos Políticos e Federativos (Seap), era, na verdade, cobrador do agiota Josival Cavalcanti, o Pacovan (reveja).

Sobre as críticas ao sistema de segurança, Rezende foi categórico ao destacar o esforço que tem sido feito para minimizar os problemas recebidos pelo novo governo.

“A deputada precisa usar de coerência e admitir que um dos maiores problemas recebidos pelo governador Flávio Dino está relacionado justamente à área da segurança pública. Aumentar o efetivo policial, combater o crime organizado e a corrupção, trabalhar a diminuição dos índices de violência e garantir investimentos para melhoria do sistema penitenciário tem sido bandeiras assumidas pelo Governo do Maranhão desde o dia 1 de janeiro. Alguns resultados positivos já podem ser apontados, mas outros só serão colhidos a médio e longo prazo”, ponderou.


3 pensou em “Stênio Rezende diz que é “equívoco” tentar ligar governo a agiotagem

  1. Mande o deputado citar algo de positivo do governo da mudança na área de segurança pública ou em qualquer outra área e se não me falha a memória ele fazia parte do governo passado e agora quer atirar pedra em quem deu a mão a ele.

  2. Tá bestando menino, só um bobo não acredita nos benefícios que a agiotagem trouxe para a vitória de FD. O que poderá vir a acontecer é que, figurões como o presidente da Assembléia sejam inocentados de alguma forma, e tudo continue na mesma, isto é, a bandidagem, a corrupção, a falta de compromisso com os verdadeiros objetivos republicanos sejam apagados com o passar do tempo.

Os comentários estão fechados.