Jean Wyllys chama de “psicopatas” linchadores de assaltante em São Luís

jeanO deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), criticou duramente o grupo que linchou na segunda-feira (6) Cleydenilson Pereira Silva, 29, acusado de, armado, tentar assaltar um bar no São Cristóvão.

Para o parlamentar fluminense, os linchadores são ” uma turba de psicopatas”.

Ele chama o grupo, ainda, de “multidão surtada de fascismo”

Veja aqui a íntegra do comentário do deputado.


21 pensou em “Jean Wyllys chama de “psicopatas” linchadores de assaltante em São Luís

  1. Tem de ter muito cuidado, ao postar crpiticas ao que esse senhor posta, se ele não gostar: processa!
    Esse deputado, eleito pelo partido e não pelos votos que recebeu (insuficientes), tem como parâmetro básico a defesa de criminosos!
    Não que eu seja favorável a linchamentos, mas dap´í a fazer comparações é típico dessa criatura.
    O que ele viveu de um período, que ele chama de “ditadura? Nada! Repete as mesmas ladainhas dos esquerdopatas, sem sequer saber do que fala.
    “Tempos de ditadura”, talvez ele se refira às ditaduras comunistas, que ele tanto admira!
    Multidão fascista!!! Isso porque não comungam com suas idéias idiopatas?
    Esse ser deve ser execrado nas próximas eleições, jogado de volta ao limbo, de onde não deveria ter saído!

    • Mas processar pode-se processar até São Pedro e culpá-lo pela chuva (ou pela falta dela). O negócio é conseguir convencer o juízo

      • Concordo em gênero, número e grau com voce… esse tipo de “parlamentar” é que denigre a imagem, já tão combalida, do Legislativo.

  2. Por mais hediondo que possa ser um crime cometido, entendo que a população não pode chamar para si a responsabilidade de fazer “justiça” com as próprias mãos. Há de se perguntar: que “justiça” foi essa, em que os agressores acabaram por praticar crime mais hediondo do que o supostamente cometido pelos agredidos???????????
    Antes que digam, ah você nunca passou por isso, aqui fala um cidadão indignado, que já foi vítima de assalto, mas que não pode concordar com tamanha brutalidade, barbárie pura! Entendo que esses justiceiros devem ser penalizados por ato tão absurdo e repugnante, não podemos jamais concordar com essa selvageria praticada, afinal um erro não justifica outro.
    Vivemos num estado de direito e todos, sem exceção, estão sujeitos à aplicação da Lei, não podemos jamais compactuar com aqueles que se arvoraram no direito de julgar, condenar e aplicar pena de morte a duas pessoas acusadas de um delito.
    Enfim, só podemos mais uma vez lamentar por vê o nome da nossa querida São Luís envolvida nacionalmente em fato tão grotesco e selvagem.
    Finalmente, àqueles que provavelmente poderão concordar com ato tão brutal, fica a dica, tomem o cuidado necessário para nunca serem acusados de um delito, pois talvez possam ser confrontados por esse tribunal de exceção, composto por justiceiros e não homens da Justiça e nesse caso a pena pode ser dura demais.

  3. Vou já da um alô em Bolsonaro ou no garoto do Brasil Livre, pra colocar essa figura no lugar dele.

  4. Tá certo, deixa este bobão ter um parente agredido ou morto por um marginal, que ele logo muda de opinião. Estes marginais a poucos dias agrediram com socos e pontapés duas estudantes para roubarem seus celulares, aí eles não são psicopatas? vem buscar eles aqui em São Luís e leva para você, ficaremos muito grato.

  5. VEJA OUTRA DO DEPUTADO JEAN WYLLYS AFIRMA QUE “RECEBE HOJE SALÁRIO IGUAL AO TEMPO EM QUE ERA PROFESSOR”

    O movimento LGBT vem fincando seus alicerces por meio de seu maior defensor, o ex-BBB e atual deputado federal Jean Wyllys. No programa “Tas ao vivo” no dia 04 de julho de 2015, Jean Wyllys afirmou que considera seu salário de parlamentar baixo para “o tanto que ele trabalha” e ainda questionou o fato de a sociedade reclamar do salário dos parlamentares ao invés de reclamar do salário dos grandes executivos, uma bobagem, já que mais de 90% das empresas brasileiras são micro, pequenas e médias. Assista ao trecho do vídeo em que ele reclama do seu salário.

    Nessa entrevista ele afirma que “o meu salário, tirado os descontos, vira o salário de um professor de 40 horas/semanais de dedicação exclusiva numa universidade privada”. Jean Wyllys possui salário de R$ 26.723,13 (salário ‘seco’, sem demais gratificações, abonos, cotas e indenizações) isso significa que em quatro anos de mandato ele embolsará R$ 1.282.710,24. O que ele omitiu na entrevista foi o valor da famosa “verba de gabinete” bem como de outras, que você pode encontra no Portal da Transparência da Câmara. Segundo sua fala, descontados os impostos, ele receberia R$ 15 mil por mês, o que lhe garante no mínimo R$ 720 mil reais em quatro anos! Isso o deixa no topo de nossa pirâmide social, segundo o IBGE. A pergunta que se faz é: isso seria pouco?. Não, não é, porque isso não é a verdade. O deputado federal brasileiro é o segundo mais caro do mundo, ficando atrás apenas dos deputados dos Estados Unidos. Vale lembrar que os E.U.A. possuem um P.I.B. de US$ 15 trilhões, enquanto o do Brasil vale US$ 2,3 trilhões.

    Diante da afirmação do deputado, de que ele recebe hoje (com os descontos) o mesmo salário de quando era professor universitário, fomos atrás dos dados no portal da transparência da câmara dos deputados, e os dados que descobrimos foram assustadores. Fomos averiguar o fundamento da alegação de que o salário de um deputado é realmente igual à de um professor universitário, e procurar saber se estava realmente difícil a vida do parlamentar. Mas primeiro é preciso lembrar que além dos 39 salários de renda de um deputado, ele ainda recebe auxílio moradia por reembolso e tantas outras verbas vinculadas. Mas as surpresas maiores vieram ao detalhar os números, acompanhe:

    Fonte: Portal da Transparência da Câmara dos Deputados.

    Só no mês de abril de 2013 o deputado Jean Wyllys, usou o equivalente R$ 52.460,95, sendo que desse R$ 39.554,88 foram somente com a rubrica “Divulgação de atividade parlamentar”, faltando clareza do portal para o detalhamento. Acesse o portal da transparência da Câmara dos Deputados. Outro fato é que o Deputado JW é um dos congressistas que mais gastam com essa cota. Dos 513 deputados ele é o 56º. Quem ainda luta pela sua bandeira, sugiro que conheça melhor o paladino da bandeira multicolorida. Falar a verdade, ser sincero e respeitar o erário público é fundamental para quem tem vida pública.

    Edmilson Moura.
    Blog REBELDE SOLITÁRIO

    • Muito bom seu comentário, bastante enriquecedor, vale a pena tentar contribuir um pouco maiis… Acrescentando que o comparativo entre os PIBs do EUA e do Brasil não nos servem como parâmetro correto, essa foi uma grande mentira que nos foi criada. Veja bem: O PIB é o resultado de tudo que foi produzido dentro de um país. No Brasil, estão instaladas várias empresas Americanas e de outras nacionalidades. Então, depois de apurados os resultados, é de direito dessas Empresas Multinacionais, encaminhar parte, ou melhor, grande parte, do que foi produzido para suas matrizes. Logo, a riqueza produzida, não necessariamente fica no país onde ela foi produzida… Concluindo, medir a riqueza de um país pelo PIB é uma farsa; se quiseres um parâmetro um pouco mais fidedigno para comparar, use o PNB dos dois países, aí sim, vc irá ter um resultado real mais próximo, pois vc irá fazer um comparativo entre o que é produzido pelas empresas Brasileiras x as empresas Americanas, independentemente de onde elas estejam instaladas. Mas um conselho, depois de feito o comparativo, não queria comparar o peso de um Parlamentar brasileiro com o de um parlamentar Americano, pois vc irá se chatear…Rs

  6. VEJA OUTRA DO DEPUTADO JEAN WYLLYS AFIRMA QUE “RECEBE HOJE SALÁRIO IGUAL AO TEMPO EM QUE ERA PROFESSOR”
    O movimento LGBT vem fincando seus alicerces por meio de seu maior defensor, o ex-BBB e atual deputado federal Jean Wyllys. No programa “Tas ao vivo” no dia 04 de julho de 2015, Jean Wyllys afirmou que considera seu salário de parlamentar baixo para “o tanto que ele trabalha” e ainda questionou o fato de a sociedade reclamar do salário dos parlamentares ao invés de reclamar do salário dos grandes executivos, uma bobagem, já que mais de 90% das empresas brasileiras são micro, pequenas e médias. Assista ao trecho do vídeo em que ele reclama do seu salário.

    Nessa entrevista ele afirma que “o meu salário, tirado os descontos, vira o salário de um professor de 40 horas/semanais de dedicação exclusiva numa universidade privada”. Jean Wyllys possui salário de R$ 26.723,13 (salário ‘seco’, sem demais gratificações, abonos, cotas e indenizações) isso significa que em quatro anos de mandato ele embolsará R$ 1.282.710,24. O que ele omitiu na entrevista foi o valor da famosa “verba de gabinete” bem como de outras, que você pode encontra no Portal da Transparência da Câmara. Segundo sua fala, descontados os impostos, ele receberia R$ 15 mil por mês, o que lhe garante no mínimo R$ 720 mil reais em quatro anos! Isso o deixa no topo de nossa pirâmide social, segundo o IBGE. A pergunta que se faz é: isso seria pouco?. Não, não é, porque isso não é a verdade. O deputado federal brasileiro é o segundo mais caro do mundo, ficando atrás apenas dos deputados dos Estados Unidos. Vale lembrar que os E.U.A. possuem um P.I.B. de US$ 15 trilhões, enquanto o do Brasil vale US$ 2,3 trilhões.

    Diante da afirmação do deputado, de que ele recebe hoje (com os descontos) o mesmo salário de quando era professor universitário, fomos atrás dos dados no portal da transparência da câmara dos deputados, e os dados que descobrimos foram assustadores. Fomos averiguar o fundamento da alegação de que o salário de um deputado é realmente igual à de um professor universitário, e procurar saber se estava realmente difícil a vida do parlamentar. Mas primeiro é preciso lembrar que além dos 39 salários de renda de um deputado, ele ainda recebe auxílio moradia por reembolso e tantas outras verbas vinculadas. Mas as surpresas maiores vieram ao detalhar os números, acompanhe:

    Fonte: Portal da Transparência da Câmara dos Deputados.

    Só no mês de abril de 2013 o deputado Jean Wyllys, usou o equivalente R$ 52.460,95, sendo que desse R$ 39.554,88 foram somente com a rubrica “Divulgação de atividade parlamentar”, faltando clareza do portal para o detalhamento. Acesse o portal da transparência da Câmara dos Deputados. Outro fato é que o Deputado JW é um dos congressistas que mais gastam com essa cota. Dos 513 deputados ele é o 56º. Quem ainda luta pela sua bandeira, sugiro que conheça melhor o paladino da bandeira multicolorida. Falar a verdade, ser sincero e respeitar o erário público é fundamental para quem tem vida pública.

    Edmilson Moura.
    Blog REBELDE SOLITÁRIO

  7. Dom Leda,
    isso é o resultado de um conjunto de fatores que levam a barbarie.
    gostaria de lembrar ao nobre deputado jean que o povo já não acredita na justiça (que manda soltar bandido pq não existe Leis capazes de mantê-los preso), não acredita na policia (que demora para atender os chamados), assim como também não acredita em discursos de politicos!!!!
    falar é fácil, sugiro ao deputado assumir um cargo de secretário de segurança!

  8. Esse Deputado deveria ter mais cuidado com seus pronunciamentos e acusações. Não sou a favor de um ato desses, mas a população do bairro que linchou esse homem não pertence a elite, como foi noticiado.O São Cristovão é um bairro da periferia de São Luís, um dos mais antigos e um dos mais carentes de serviços públicos, como segurança, água , esgotos,etc. Não é só em São Luís que acontece isso, mas tudo que acontece aqui tem repercussão nacional. Antes era por que éramos governados por uma oligarquia e agora ainda não tiveram tempo de organizar a segurança? Venha Deputado morar em um bairro periférico de qualquer capital do Brasil, se é que já não morou, mas em tempos de menos violência. Morando em bairros periféricos a sua opinião ia mudar. Moro em uma área nobre e nenhum morador se atreve a sair sozinho a pé depois de sete horas da noite. Nunca pertenci a nenhum partido politico. Meu partido é a cidadania plena que todos deveriam ter direito, salários justos, segurança, boas estradas etc. Pare de falar de direitos humanos, isto é um a propaganda para se sobressair

    • Jean Wyllys não passa de um bobalhão que acha que sabe das coisas. Tenta ser palmatória do mundo

  9. Pingback: População tenta matar assaltante no Maiobão | Gilberto Léda

  10. Pingback: Suspeito de assalto é espancado em SLZ: “vamos amarrar e matar igual ao outro” | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.