Arnaldo Melo comandará direção nacional da Funasa

Arnaldo Melo: reforma mantida

O ex-presidente da Assembleia Legislativo do Maranhão e ex-governador Arnaldo Melo (PMDB) é quem comandará a direção nacional da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

A indicação dele foi feita por meio de uma articulação do PMDB e do PEN, do deputado federal André Fufuca.

Segundo o parlamentar, Melo tem experiência de sobra para comandar nacionalmente te a Funasa.

“Tenho certeza de que ele irá desenvolver um excelente trabalho. Sua experiência e competência já comprovadas, será fundamental”, disse Fufuca.

O PMDB do Maranhão fica com mais esse espaço em órgão federal. O ex-diretor do Detran, André Campos, foi nomeado diretor da fundação no Maranhão.


8 pensou em “Arnaldo Melo comandará direção nacional da Funasa

  1. Calma, Gilberto, calma: quando do quebra pau entre Aloísio Mendes e João Alberto , pela Funasa local, o
    Michel ofereceu a diretoria nacional de engenharia para compensar a perda da estadual e João Alberto não topou. Ai , Aloísio aceitou a Codevasp e João Alberto a Funasa. Ai ficou esse cargo de diretor de engenharia sem indicação . O PMDB nacional ofereceu para Setimo que não se decidiu . Ai, Aloísio Mendes, articulou para o bloquinho indicar um nome. A Funasa tem Presidente, do Piauí , amigo do Michel e já querem trocar a engenharia por financeira. André Fufuca é soldado de Eduardo Cunha o que dificulta qualquer indicação . Se Sétimo souber se movimentar!!!!

  2. Gostaria de saber o que qualifica o senhor Arnaldo Melo para dirigir a Funasa. A única experiência desse senhor é fazer política de bastidores.

  3. Vocês todos estão voando,quando é público e notório que o homem forte desta república é Sarney.Tudo que ocorre na esfera federal em relação ao Maranhão passa pelo crivo de Sarney.Todas essas nomeações são da cota dele.Cadê que do grupo do Flávio Dino tem alguma indicação.Sarney simplesmente deixa seus pupilos ficarem na impressão de que a indicação é deles.Perguntem prá Chiquinho escórcio que Sarney colocou como assessor de Michel Temer..

Os comentários estão fechados.