TJ recebeu mais de R$ 29 milhões em suplementação do Executivo em 2015

O governo Flávio Dino (PCdoB) já abriu ao Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), pouco mais de R$ R$ 29 milhões em créditos suplementares no exercício financeiro de 2015.

Os dados constam de documento encaminhado na semana passada ao Sindjus, mas já pedido desde setembro pela entidade, antes da deflagração da greve dos servidores (veja aqui).

Apesar do reforço de caixa, o valor ainda é insuficiente para que o TJ garante o pagamento das perdas inflacionárias dos trabalhadores. São 6,3%, retroativos a janeiro deste ano. É por esse pagamento que os trabalhadores estão em greve.

No início de outubro, a presidente do Judiciário, desembargadora Cleonice Freire, já pediu mais R$ 180 milhões – R$ 48 milhões seriam para a reposição das perdas  (reveja).

Os servidores, contudo, reclamam que os R$ 29 milhões seriam suficientes para o pagamento do valor pedido “se isso fosse prioridade”.


1 pensou em “TJ recebeu mais de R$ 29 milhões em suplementação do Executivo em 2015

  1. No tribunal aparece dinheiro para tudo enquanto é necessidade de juiz e desembargador já para pagar a reposição inflacionaria dos servidores não há dinheiro. Interessante e impressionante.

Os comentários estão fechados.