Após rumor de aumento, deputado cobra dados sobre tarifa de ônibus em SLZ

onibusO deputado estadual Wellington do Curso (PPS) protocolou ontem (24) um ofício solicitando ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) um detalhamento da composição da tarifa de ônibus no município com a demonstração dos valores subvencionados pelo Poder Público.

Ao fundamentar a solicitação de informações sobre a composição de custos de passagem, Wellington afirmou que, em hipótese alguma, se pode admitir que a população seja punida por mais um aumento de passagens na capital.

Segundo revelou o Blog do Gilberto Léda com exclusividade, os empresários pediram 22% de aumento, mas a SMTT admite reajuste de “apenas” 11% (reveja).

“Estamos em um cenário em que, de um lado, temos a Prefeitura de São Luís e, de outro, a população ludovicense. Entre um lado e outro, tem-se o iminente aumento nas tarifas de transporte público. Mais uma vez, tem-se a tentativa de fazer com que a população pague pela má administração de recursos. Como consequência, cogita-se o aumento da tarifa. Por não identificarmos nada que justifique tal aumento, solicitamos ao SET um detalhamento da composição da tarifa de ônibus de São Luís com a demonstração dos valores subvencionados pelo Poder Público. Só então saberemos se há ou não algo que ‘justifique’, sob o ponto de vista econômico-financeiro, que a população pague tão caro para ter acesso aos ônibus. Independente disso, o que não podemos admitir é que o trabalhador tenha que pagar para ser humilhado nas ruas de São Luís”, ressaltou.


4 thoughts on “Após rumor de aumento, deputado cobra dados sobre tarifa de ônibus em SLZ

  1. Me pergunto porque Welligton fica tentando colocar a Prefeitura contra a população Ludovicense, sendo que todos ¨estão carecas¨ de saber que esses aumentos acontecem devido a ambição desses empresários. Prq ele não cobra os empresários, será que tem ¨rabo preso¨ ou está sendo beneficiado de alguma forma?

  2. Primeiro que nem foi anunciado que ia aumentar, o que houve foram boatos de blogs. Segundo que wellington como deputado tem o poder de apresentar resoluções e não faz nada também. Cobrar por cobrar não é trabalho, nobre deputado.

  3. Como o comentário ai em cima falou, tem os empresários também nessa jogada. É de responsabilidade deles o pagamento dos seus funcionários e não da prefeitura. O grande problema é que como é concessão de serviço público e a reivindicação afeta diretamente a população, acaba que as coisas sobrecaem para a prefeitura, mas o grandes responsáveis por isso são os empresários sim.

  4. Welligton ta adotando a política do quanto pior melhor, não quer atender os interesses do povo, mas sim se promover as custas da Prefeitura. Perdeu a chance de ficar calado, pois todos já sabem que esse suposto aumento de passagem não passou de boato!

Os comentários estão fechados.