Adriano Sarney e a Força Nacional

adrianoNo ano passado, diante da escalada da violência no Maranhão, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) teve rejeitado pela base do governador Flávio Dino (PCdoB) na Assembleia, um pedido de auxílio da Força Nacional (reveja).

A mesma força que, agora, o comunista precisou pedir às pressas ao Governo Federal por conta da onda de ataques a ônibus na Região Metropolitana de São Luís.

Em sua conta no Facebook, o parlamentar lembrou o episódio, e comentou s atentados da semana passada.

“Uma das minhas lutas no ano passado foi o pedido que fiz à Assembleia, ao Governador e ao então Ministro de Justiça para o envio de reforço da Força Nacional ao Maranhão para fazer o policiamento ostensivo nas ruas de nossas cidades. Meu requerimento foi barrado pelos governistas na Assembleia, o governador do Maranhão fez pouco caso e o então Ministro Cardoso disse que atenderia meu pedido após as Olimpíadas. Minha ideia era apenas ajudar a atual força policial enquanto novos homens e mulheres se efetivassem à corporação. Era provisório, mas necessário. Continuo lutando”, destacou.


2 pensou em “Adriano Sarney e a Força Nacional

  1. Parabéns ao deputado Adriano Sarney. Um político que tem posição, mostra a cara e vai pra combate. Vale destacar que na época, o governador não solicitou a Forca Nacional simplesmente porque foi uma solicitação de Adriano Sarney. Somente por isso. Preferiu que a população continuasse a sofrer pela falta de segurança que perder politicamente. Maquiavélico, Dino mostrou que o mais importante é manter o poder e o discurso politico que atender o interesse publico.

  2. Esse nosso deputado é atuante, enquanto os outros representam como vaca de presépio, obedecem fielmente as ordens do comunista. Em 2018 tudo vai mudar.

Os comentários estão fechados.