Exata também atesta o crescimento de Edivaldo

PDTSe por um lado a pesquisa de intenções de votos Exata mostrou que o deputado estadual e pré-candidato Wellington do Curso (PP) está consolidado como ‘terceira via’ para as eleições de outubro [reveja], o levantamento também confirma um fato incontestável: a ascensão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Edivaldo já havia apresentado desempenho surpreendente na Econométrica, divulgada por O Estado no fim de semana passado, quando apareceu “colocado” à Eliziane Gama (PPS).

Agora, ele se destaca criteriosamente empatado com a deputada federal, que liderava até então, todas as pesquisas de intenções de votos.

Um voo que já assusta adversários.

O prefeito lançou ontem a sua pré-candidatura na capital. O evento mostrou força política do pedetista, que conta com o apoio de 14 legendas para a sua reeleição.

Para quem há seis meses não conseguia sequer superar a marca dos 15% das intenções de votos, o resultado de hoje se mostra como uma virada de página.

E Edivaldo e aliados já esperam pelos novos capítulos.

Mais: A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MA-00024/2016


5 pensou em “Exata também atesta o crescimento de Edivaldo

  1. Com todo aparato que Edivaldo tem nas mãos com milhões em propaganda, apoio financeiro e político de Flavio Dino, deixa Eliziane encostar sem ainda ter feito uma propaganda, até Welington está subindo. Se eu fosse Edivaldo estaria preocupadíssimo. Também que imita João Castelo em fazer sua obrigação no último ano.

  2. É muito difícil de acreditar em institutos de pesquisa no Brasil, todos eles são comprados por políticos e com a ajuda de uma imprensa financiada pela corrupção, direcionam a manada imbecilizada em direção ao caos. Político hoje no Brasil se elege apenas com uma boa estratégia de como divulgar as suas mentiras.

  3. Edivaldo é o candidato favorito portudo que ta fazendo. Ele nao esta apenas nas palavras, esta realizando. Tenho certeza que as pessoas estao vendo isso.

Os comentários estão fechados.