Habilitação para a licitação do transporte ocorrerá na segunda

são luisA Prefeitura de São Luís realiza nesta segunda-feira (4) mais uma sessão pública da licitação do sistema de transportes de São Luís. A sessão será realizada no auditório da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), situada à rua da Palma, 53. A nova sessão pública marca o início da fase de habilitação, última etapa do certame que definirá as empresas que vão operar o sistema de transporte de São Luís.

Na fase de habilitação, serão analisados os documentos que dizem respeito à habilitação jurídica, à regularidade fiscal e à qualificação técnica e econômico-financeira das empresas e consórcios licitantes, conforme estabelecido pelo edital.

“A licitação do sistema de transportes é mais um compromisso assumido com a população de São Luís e cumprido na nossa gestão. É uma ação histórica, que nenhum outro gestor havia conseguido colocar em prática e que dará à nossa cidade um sistema de transporte com a qualidade que a população merece e precisa”, destacou o prefeito Edivaldo.

O presidente da Central Permanente de Licitação (CPL), Mádison Leonardo Andrade Silva, destacou a tranquilidade e a lisura que tem marcado o processo de licitação desde o início. “A comissão responsável e a equipe técnica da Secretaria de Trânsito e Transportes têm trabalhado com afinco em todas as etapas deste processo, que representa um divisor de águas na história do transporte público de São Luís, nos dando segurança jurídica e técnica para cobrar por um bom serviço neste setor. O prefeito Edivaldo determinou que fosse realizada esta licitação para garantir um bom serviço de transporte público e esta melhoria estará assegurada com as regras estabelecidas pelo edital e pelo novo contrato”, explicou Mádison Leonardo.

ETAPAS

Considerada um marco no sistema de transporte de São Luís, a licitação estabelece padrões de qualidade para o sistema, que precisarão ser cumpridos pelas empresas vencedoras, bem como mecanismos efetivos de fiscalização e cobrança para que tais serviços sejam realmente executados. A primeira sessão pública do certame foi realizada no dia 12 de maio, no salão nobre da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e consistiu na abertura dos envelopes contendo as garantias de propostas e as propostas comercial e técnica. Na ocasião, foi feita a análise preliminar e todos os licitantes atestaram o deram vista aos documentos dos envelopes.

Após a sessão, as propostas foram analisadas de forma mais detalhada pela comissão de licitação e pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). A partir dos critérios estabelecidos pelo edital, as empresas foram declaradas classificadas ou não classificadas. O resultado pôde ser analisado pelas empresas licitantes durante o período de recursos e contrarrazões e em seguida, foi submetido a nova apreciação da comissão técnica. A classificação da primeira fase estará disponível a partir desta quinta-feira (30) no site da Prefeitura de São Luís.

EDITAL

O edital da licitação do sistema de transportes de São Luís foi lançado em março pelo prefeito Edivaldo. A ação é inédita para o transporte coletivo de São Luís, que até então operava de forma precária, e estabelece uma série de requisitos e padrões mínimos de qualidade que precisarão ser cumpridos pelas empresas que vencerem o certame. O edital também estabelece sanções para as empresas que não se adequarem aos padrões exigidos.

Entre as melhorias que deverão ser implantadas no sistema de transporte de São Luís a partir da assinatura do contrato estão redução da média de idade da frota para, no máximo cinco anos; substituição gradativa da frota por veículos com ar-condicionado, sendo 20% da frota já nos primeiros meses de contrato; a introdução, no sistema, de ônibus bi-articulados; acessibilidade em toda a frota; entre outras melhorias. Os benefícios já garantidos ao usuário do sistema, como meia-passagem, recarga embarcada e bilhete único, continuam mantidos.


8 thoughts on “Habilitação para a licitação do transporte ocorrerá na segunda

  1. Tá aí pra quem não acreditava que iria sair a licitação. O prefeito mostrou força e só quem vai sair ganhando com tudo isso é a população: ônibus novos, articulados e com ar condicionados. O primeiro prefeito da história de São Luís e fazer a licitação do transporte público de passageiros. Parabéns Prefeito e vamos rumo à reeleição

  2. Não se deve olhar para as coisas ruins do passado, se nenhum outro gestor fez essa licitação é porque não prestaram, o povo colocou Edivaldinho foi pra resolver os grandes problemas que as gestões passadas deixaram. Entretanto, a grande rejeição e o empate técnico com dois candidatos para sua reeleição deve-se a três anos e sete meses de apatia administrativa. Trabalhar em vésperas de eleições o povo não aceita mais. A zona rural está abandonada, o distrito industrial está abandonado, nem o mato dos canteiros central que está com uma altura de três metros ele nam manda cortar. Quando forma crateras nas avenidas os empresários colocam piçarras em vez de asfalto. A vila dois mil e vila maracujá a rua principal por onde passa o ônibus não tem mais um metro de asfalto. Será que Edivaldinho governa só para determinada região? Onde coloca lâmpadas de ledy, reforma praças etc.

  3. Pronto, agora sim a coisa vai se organizar! Merecemos um transporte público digno sem esses empresários que faziam o que queriam sem respeitar a população.

  4. Ansiosa para que concluam logo o processo de licitação, pois teremos um transporte público mais digno em nossa capital.

  5. Nem digo que Edivaldo teve coragem para fazer essa licitação, isso foi determinação. Todos sabiam que acordos entre prefeitura e sindicato/empresas só causavam o atraso do sistema de transporte. Agora sim será diferente. São Luís está caminhando para a modernização.

  6. Que excelente notícia! Que prospere cada vez mais esse processo de licitação, pois ele dará um novo patamar a nosso transporte público.

  7. Muito boa essa transparência e toda a informação da gestão de Edivaldo, agora a população sabe de tudo que acontece na prefeitura, projetos, ações e andamento das coisas.

Os comentários estão fechados.