Governo não vai enganar os servidores públicos, diz Adriano Sarney

adrianoO deputado estadual Adriano Sarney (PV), em discurso na tribuna da Assembleia, nesta quarta-feira (17), contestou o governador Flávio Dino (PCdoB), que, segundo ele, tentou justificar erros na política de gestão de pessoal, durante reunião com lideranças sindicais dos servidores públicos, terça-feira (16), no Palácio dos Leões, que reivindicam reposição de perdas salariais e direitos constitucionais (saiba mais).

“O governador Flávio Dino, em seu primeiro ano de governo, fez uma lambança na gestão de pessoal, apesar de ter aumento na receita corrente líquida, inchou a folha de comissionados, demitiu terceirizados e onerou outros setores para além do planejado”, ressaltou Adriano.

De acordo com o deputado, o governador recebeu o Estado com uma folha de pessoal equilibrada, na faixa de 38% da receita corrente líquida, plenamente abaixo do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, ou seja, com margem orçamentária para realizar uma boa gestão política. Atualmente, o Governo atingiu a faixa de 44%, isto é, chegou ao limite de alerta.

Ainda segundo Adriano, a desculpa da crise nacional não vai servir para justificar a gestão equivocada do Governo.

“Aumentar impostos não resolve, o que pode resolver o problema é investimento público que o governador cortou em mais de R$ 1 bilhão em 2015, principalmente dos recursos do BNDES, e outras ações anticíclicas”, declarou Adriano Sarney.

Andrea Murad

andreaA deputada Andrea Murad (PMDB) também criticou as declarações do governador Flávio Dino sobre o orçamento do Estado e aumento dos impostos durante reunião com o funcionalismo público.

Para a parlamentar, a política desenvolvida pelo governo do comunista está prejudicando principalmente trabalhadores e pequenas empresas.

“Ele pra enganar os funcionários reconheceu que aumentou impostos penalizando a classe produtora num momento que o brasil vive a sua pior crise. Medida que provocou demissões, diminuição da atividade econômica e dificuldades para os empresários, muitos fechando suas empresas. Tudo isso mostra a sua invalidade e falta de conhecimento para governar. Perseguindo os pequeninos, aqueles que têm suas motos como único meio de transporte e trabalho cobrando IPVA de cinco anos assim como os pequenos criadores que estão sendo notificados para pagar ICMS sem direito a defesa por venda de uma, duas ou três cabeças de gado que matam para manter suas famílias. Até os sacoleiros, os ambulantes, estão sendo perseguidos sem dó nem piedade. É essa praga, chamada Flávio Dino, que está acabando a economia e fazendo a infelicidade do povo maranhense. Flávio Dino se transformou numa peste que contamina e mata todos aqueles que sofrem com o seu contágio”, disse a deputada.


6 pensou em “Governo não vai enganar os servidores públicos, diz Adriano Sarney

  1. Parabéns ao deputado Adriano Sarney pela atuação e defesa dos que sofrem pelas iniquidades perpetradas pelo governo Flávio Dino. Pois é inadmissível a difícil situação a que os servidores públicos estão vivenciando neste governo.

  2. Um parlamento com 42 deputados e apenas 2 defendem os servidores públicos mostra o desprezo da maioria pelos trabalhadores. Deputado Wellington o senhor sabe que a prefeitura de São Luis tem servidores? Deputado Bira não fique calado, pois na administração passada constantemente ia a tribuna defender a classe dos trabalhadores. Deputado Cabo Campos esqueceu muito cedo aqueles que o colocaram no parlamento. Com certeza calados vão continuar. Tristeza

  3. Não lembro dessa cobrança toda dos ilustres deputados Adriano Murad e Andrea Sarney (não importa o sobrenome afinal são da mesma laia) ao governo anterior…É cada uma…..

  4. O Deputado Adriano está apenas fazendo seu papel como parlamentar! Olhei a resposta do Marcio Jerry no Twitter e é vergonhoso ver que um Secretário de Estado perdeu a oportunidade de rebater de forma nobre e inteligente, mostrando os dados reais do Estado. Ao invés disso prefere ofender o Deputado e sua família. Perdeu uma ótima oportunidade de engrandecer o embate… Ponto para o Deputado!!!

Os comentários estão fechados.