Governo ainda tenta tirar “casquinha” da articulação de Temer na China

flavioApesar de não ter conseguido espaços na comitiva do presidente Michel Temer (PMDB) e não ter tido qualquer atuação direta em Xangai, na China, para assegurar os investimentos de R$ 10 bilhões no Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) ainda tenta tirar “casquinha” da articulação do presidente da República.

A estratégia da equipe de comunicação do comunista, agora, é tentar fazer fazer crer que Dino foi decisivo para que investidores chineses optassem pela construção de uma siderurgia e de um terminal de multicargas em São Luís. A ideia é fazer com que a população acredite que tudo houve uma articulação direta do vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), que havia passado duas semanas na China.

Ocorre que já havia interesse dos chineses em investir no estado antes. O mercado aguardou tão somente a definição em relação ao processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) para dar prosseguimento aos projetos.

Dino, no que diz respeito a esse aspecto, parece não ter atuado nesta frente…

Leia também: Em visita de Temer à China, investidores anunciam aporte de R$ 10 bilhões no Maranhão


6 pensou em “Governo ainda tenta tirar “casquinha” da articulação de Temer na China

  1. É muito engraçado o Flavio dino agora agora querendo se aproximar do nosso presidente temer . Ele só o chamava de golpista , agora quer se aparecer . Vai atrás da Dilma que prometeu a refinaria de Bacabeira até hoje nada . Isso que golpe em todos nós maranhense

  2. NÃO , QUEM ATUOU FORTE PARA BOICOTAR , COMO SEMPRE, A VINDA DE QUALQUER INVESTIMENTO AO ESTADO FOI SARNEY.

  3. Simples. Basta ver no DOMA quantas vezes o vice-governador foi à China juntamente com a equipe de governo que verás que as tratavias aconteceram desde 2015. Porem diferente do que acontecia na gestao passada, o governo teve prudencia em nao anunciar algo que ainda nao esta concreto. Mais uma vez, diferente do que acontecia no passado

  4. Com Dino ou sem Dino o importante é quê o empreendimento venha para o Maranhão…o quê não aconteceu com Lula e Dilma poderá acontecer com Temer é só ver a BR 135 !

Os comentários estão fechados.