Prefeito de Mirinzal é preso por crime eleitoral, diz SSP

amaury

O prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida (PDT), foi preso hoje pela manhã por crime eleitoral.

A informação foi confirmada há pouco pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Líder nas pesquisas, o candidato à reeleição é acusado de haver entrado em confronto com militantes adversários. Seguranças do prefeito teriam baleado um eleitor, na noite de ontem (1º). O gestor  e os seguranças foram detidos.

Outro lado

Em contato com o Blog do Gilberto Léda, a assessoria do prefeito diz que ele não foi preso, mas conduzido para prestar depoimento como vítima de um atentado sofrido na noite de ontem (1º).

O prefeito emitiu nota há pouco. Leia abaixo.

Nós fazemos uma campanha limpa! Venho por meio desta desmentir mais uma vez boatos que tentam manchar meu nome e dizer que o bairro Santo Antônio é um lugar de pessoas de bem, trabalhadoras, onde tive grande aceitação, mas infelizmente os nossos adversários levaram pessoas que não tem compromisso com a paz até o referido bairro e fizeram uma verdadeira algazarra na noite de ontem (1). Fui chamado para averiguar um possível crime contra nossos militantes nas proximidades da Escola Glorinha Ferreira, onde supostamente teriam aprisionado várias motos dos membros de nossa coligação. Ao chegar no local me deparei com uma situação de horror, o caos instalado. Havia um fogueira e mais de 30 pessoas que se aglomeram no entorno do veículo que eu estava, tentando de forma violenta, vira-lo, mas depois de muito conversar e pedir os mesmos 30 homens nos deixaram passar.

O carro que nos acompanhava também foi bloqueado, mas a situação se tornou mais grave pois o motorista do veículo, ao tentar descer, implorando a deus por sua vida, foi cercado pelos mesmos 30 homens e começaram a espanca-lo. Ao deparar com a situação, retornei para tentar ajudar. Uma grande armação para tentar manchar o nome de quem trabalha pela cidade, essa é a verdade. Uma acusação sem fundamento onde eu e as pessoas que nos acompanhavam fomos vítimas de tentativa de linchamento.

Acusações que insistem em dizer que fui causador de conflitos e violência, onde pessoas diretamente ligadas a supostas vitimas incentivadas por nossos adversários desmentem o fato. Logo é apenas uma armação para tirar a atenção dos eleitores para com isso perder tempo e esquecerem de votar no 12. Portanto família 12 assumam suas posições. Votem e fiscalizem as ações dos adversários que tentam burlar a vontade popular das urnas. O desespero é a mola propulsora para tudo o que está ocorrendo. Vamos em frente família doze, juntos somos fortes


8 pensou em “Prefeito de Mirinzal é preso por crime eleitoral, diz SSP

  1. Você Amaury Almeida é o responsável pela violência contida na cidade de mirinzal durante esse período eleitoral, esse não foi o primeiro caso que você agride um eleitor por conta do dinheiro que usa pra comprar os votos, de forma suja, você não se lembra do tapa na cara que você deu na cara do eleitor por que ele disse que não devolveria seu dinheiro? os mil reais? você está no lugar que tem que esta mesmo, PREFEITO […] que compra voto,atira e agride com tapas e socos deve ficar é na cadeia! você é o promovedor da violência em mirinzal, com seus capangas. agora segura as consequências de suas atitudes, que essas ATITUDES ( não são postura para um prefeito).

  2. Fatos dessa natureza já havia acontecido, dias anteriores o prefeito Amaury almeida,havia agredido um eleitor de nome Edinaldo Lemos, pelo fato que a vitima deveria devolver o valor de mil reais dado pelo prefeito em compras de seu voto, a vitima informou que não teria o dinheiro no momento, de imediato sofreu um tapa em sou rosto, gerando dessa forma um tumulto, além das ameaças impostas pelos seus seguranças, que os mesmos andavam armados com armas de fogo por toda a cidade sem o menor respaldo legal configurando o crime de porte ilegal de armas de fogo,que já deveria ser coibido pela policia local,comprovação essa, que em dias posteriores, os mesmos cometeram o crime de tentativa de homicídio, contra a vida de um eleitor.

  3. Nota Pública
    Em defesa da verdade e da minha honra e em respeito à opinião pública manifesto a minha indignação contra a ilegal, arbitrária e eleitoreira operação policial, e informo que:
    Nunca houve investigação, provas ou mandato que justificasse a prisão. A armação foi feita para nos afastar da votação e influenciar nos resultados das eleições.
    Muito antes da abusiva prisão, uma onda de boatos tomou conta da cidade, anunciando que o prefeito seria preso e que os votos dados a ele não seriam válidos.
    A vítima do suposto óbito, descrito na ação policial, gravou um vídeo onde inocentou o prefeito, e afirma ainda não tê-lo visto no local do episódio. Foi mais uma farsa montada para manchar a imagem do prefeito.
    Em nossa gestão, Mirinzal conquistou avanços importantes e históricos em todas as áreas. O nosso trabalho é aprovado pela maioria da população mirinzalense.
    Anuncio que as autoridades da Segurança Pública do Estado que comandaram a abusiva e truculenta operação serão denunciadas ao Ministério Público, com provas irrefutáveis.
    Confiamos na Justiça a reparação do prejuízo e a indenização por danos morais e materiais. Agradecemos a atenção e que Deus nos abençoe!
    São Luís (MA), 10 de outubro de 2016
    Amaury Santos Almeida
    Prefeito Municipal

  4. Pingback: Justiça cassa prefeito e vice em Mirinzal - Minuto Barra - O Seu Blog de Barra do Corda.

  5. Pingback: JUSTIÇA CASSA PREFEITO E VICE DA CIDADE DE MIRINZAL

  6. Pingback: JUSTIÇA CASSA PREFEITO E VICE DA CIDADE DE MIRINZAL | Blog do Zé de Fátima

Os comentários estão fechados.