OAB-MA sai em defesa do procurador-geral do Estado

NOTA EM REPÚDIO À VIOLÊNCIA SOFRIDA PELO PROCURADOR GERAL DO ESTADO, RODRIGO MAIA

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Maranhão, considera inaceitável toda e qualquer forma de violência e vem a público se solidarizar com o Procurador Geral do Estado, advogado Rodrigo Maia. Ele foi agredido fisicamente, com empurrões, e moralmente pelo tenente coronel da Polícia Minitar do Maranhão, Ciro Nunes Alves da Silva, que foi preso.

A OAB/MA reitera seu compromisso histórico com a defesa das garantias e direitos fundamentais. Nenhuma autoridade, principalmente, aquelas comprometidas em zelar pelos direitos dos cidadãos, podem se sobrepor aos preceitos constitucionais e a defesa das garantias e direitos individuais.

A Seccional Maranhense, assim como tem feito em episódios envolvendo o desrespeito aos direitos e princípios fundamentais dos cidadãos e advogados, tem se posicionado, tomado todas as providências cabíveis e acompanhado às investigações e desdobramentos dos casos.                       

Como preceitua a Carta Magna, em seu artigo 133 da Constituição Federal, o advogado é indispensável à administração da Justiça e inviolável no exercício da profissão, por seus atos e manifestações, nos limites da lei. A nós, operadores do Direito, cabe também, a construção e manutenção das boas relações com as instituições responsáveis pelo Estado Democrático de Direito no intuito de proporcionar solidez ao ordenamento jurídico com fins de todos comungarem o bem social.

O sistema OAB, da qual faz parte a Seccional Maranhense, atua no fortalecimento da Democracia, do Estado de Direito e na defesa da cidadania, colocando-nos à disposição das instituições de Estado e da Sociedade Civil Organizada, para sermos os mediadores desse grandioso processo de mudanças no País, tendo por base nossos 85 anos de impecáveis bons serviços prestados ao Estado e ao país.


10 pensou em “OAB-MA sai em defesa do procurador-geral do Estado

  1. Estou por ver uma instituição mais CORPORATIVISTA do que essa OAB, se acham intocáveis, inclusive podendo AGIR AO ARREPIO DA LEI, aí ficam com esses arremedos e mimimis.

  2. Marrapá! Daqui a alguns dias será que ela vai sair em defesa dos arrogantes agentes comunistas desse governo que tratam mal todo mundo. Quem que não sabe que essa gente toda, sem tirar um, é apenas uma caixa-de -ressonância do comunista mor!!! E esse clima de beligerância com todo mundo foi criado por ele é o […] Jerry!!!!???

  3. OAB, associação dos magistrados, associação dos promotores, etc. etc. Notas de repúdio, notas de solidariedade e apoio. Tudo falácia. Faleceram dezenas de idosos no asilo, nenhuma nota. Se fossem bandidos a entidade Direitos Humanos da OAB teria emitido uma nota.

  4. Não tenho procuração para defender o procurador e muito menos ao CEL… porem, vale ressaltar que ao longo desses três anos tenho visto muitos abusos cometidos por agentes do Estado. Ora, se isso não é uma praxe do governo de FD é uma regra em governos comunistas. Portanto, é importante que a sociedade fique atenta e vigilante, e não tolere a quebra de direitos e garantias fundamentais.

  5. Eu, como advogado creio que deveria haver uma investigação rigorosa sobre este caso, com o colhimento de depoimento pessoal de testemunhas, câmeras de vídeo(se houver), etc, pois essa história está mal contada.
    Não estou em defesa de nenhuma das partes, mas para que não ocorra nenhuma injustiça, a investigação de modo imparcial e impessoal deve ter o seu prosseguimento.

Os comentários estão fechados.