Concurso da PM: Wellington denuncia irregularidades à PGJ

Na manhã desta quinta-feira (18), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) fundamentou com novas provas a denúncia quanto às irregularidades no concurso da Polícia Militar do Maranhão. A denúncia foi feita à Procuradoria Geral de Justiça, sendo direcionada ao Procurador Luiz Gonzaga Martins Coelho, para adotar as devidas providências.

No documento entregue, o deputado Wellington faz constar 05 itens que comprovam as irregularidades ditas, fundamentando-se em boletins de ocorrência e em outros meios de prova fornecidos pelos candidatos.

“Ouvindo os candidatos e analisando a questão, entre inúmeras irregularidades, pode-se mencionar 5 pontos, devidamente comprovados. O primeiro deles é o descumprimento do edital, já que realizaram provas no Piauí sem qualquer previsão para isso ou retificação; o segundo é a fiscalização deficitária, já que candidatos fizeram a prova portando até mesmo celular; o terceiro é a despadronização dos horários, conforme comprovado nos boletins de ocorrência, tem candidato que começou a prova até 1 hora após o oficial; o quarto ponto é a possibilidade de fraude: iniciaram as investigações, mas até agora o inquérito não deu ‘informação’ alguma. O quinto ponto é quanto ao gabarito oficial que, até hoje, sequer foi divulgado. Apenas divulgaram o gabarito preliminar e prazo para recursos. É muito fácil dizer que A ou B foi aprovado, quando não se tem nem gabarito oficial e, muito menos, julgamento dos recursos. Esperamos que a Procuradoria adote as devidas providências quanto a isso, levando como exemplo concursos de outros estados que, com bem menos irregularidades, foram anulados, a exemplo do concurso da Polícia Militar do Piauí realizado em abril e anulado maio de 2017”, pontuou Wellington.

Quanto à hipótese de fraude, dois homens foram detidos por estarem com o gabarito da prova da PM, na cidade de Caxias. Até o presente momento, as investigações ainda não esclareceram sobre mais pessoas que fraudaram o concurso; quem enviou as respostas e outros possíveis agentes que também receberam as resoluções, tendo em vista a fragilidade na segurança do transporte, manuseio e aplicação das provas.

É importante destacar que o deputado tem sido o único incomodado, ou pelo menos o único a demonstrar insatisfação, com as inúmeras arbitrariedades ocorridas no concurso para a Polícia Militar do Maranhão.


5 pensou em “Concurso da PM: Wellington denuncia irregularidades à PGJ

  1. Não é que ele seja o único. Muita gente está insatisfeita, sim, mas como proceder, se está todo mundo omisso em relação a esse concurso? Na própria matéria fala, “Quanto à hipótese de fraude, dois homens foram detidos por estarem com o gabarito da prova da PM, na cidade de Caxias. Até o presente momento, as investigações ainda não esclareceram sobre mais pessoas que fraudaram o concurso; quem enviou as respostas e outros possíveis agentes que também receberam as resoluções, tendo em vista a fragilidade na segurança do transporte, manuseio e aplicação das provas. Difícil!!

  2. Ainda que pesem as denúncias e de fato precisam ser apuradas sem histeria, o deputado notoriamente não age em prol dos candidatos, mas em proveito econômico próprio, pois se anulado o certame um novo concurso deverá ser realizado, com novos prazos obviamente o Curso Wellington já terá preparado um calendário de aulas e revisões para faturar ainda mais em cima do desespero dos candidatos. Não precisa ser gênio para entender isso.

  3. O deputado cempre entra com denuncia mas a justica nunca da uma resposta fica no silencio ate esquecerem.

  4. O arquivamento dessa Representação vai servir apenas para o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga, ganhar canja e obter quem sabe mais “favores” com o malandro governador, infelizmente!

    Pode botar qualquer mendigo da cidade pra ser governador do estado que no outro dia todas as autoridades dos poderes deste estarão com ele desde criancinha, e os pedidos e as trocas de favores rolando rolando solto. Pro Maranhão não tem jeito!!

  5. O arquivamento dessa Representação vai servir apenas para o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga, ganhar canja e obter quem sabe obter mais “favores” com o malandro governador, infelizmente!

    Pode botar qualquer mendigo da cidade pra ser governador do estado que no outro dia todas as autoridades dos poderes estarão com ele desde criancinha, e os pedidos e trocas de favores estarão rolando solto. Pro Maranhão não tem jeito!!

Os comentários estão fechados.