Delegado ex-Seic foi indiciado por participação em milícia, diz SSP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informou, por meio de nota, que além de exonerado, o delegado chefe da Superintendência de Investigações Criminais da Polícia Civil (Seic), Thiago Bardal, também foi indicado como envolvido com a quadrilha de contrabandistas presa na manhã de ontem (22), em um sítio no Quebra Pote (saiba mais).

Além dele, já se conhece o nome de outros cinco indiciados: Rogério Sousa Garcia, ex-vice-prefeito de São Mateus; José Carlos Gonçalves, Éder Carvalho Pereira, Edimilson Silva Macedo e Rodrigo Santana Mendes.

Diferentemente do delegado, todos estes estão presos.

Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, a quadrilha  lucraria pelo menos R$ 2 milhões com a venda de produtos contrabandeados.

“O recurso seria utilizado para financiar outras atividades criminosas, como a compra de armas, de drogas e a corrupção de policiais”, explicou (reveja).


4 pensou em “Delegado ex-Seic foi indiciado por participação em milícia, diz SSP

  1. Esse governo do comunista tá mais sujo que pau de galinheiro. Vamos mudar essa bagunça agora em outubro não votando nesses comunistas. Maranhão livre de novo.

  2. Pingback: Conheça o advogado que acompanhava Thiago Bardal no Quebra Pote | Marcelo Vieira

  3. Pingback: Conheça o advogado que acompanhava Thiago Bardal no Quebra Pote | OK FM

Os comentários estão fechados.