NOTINHAS DA TARDE

Repercussão

Repercutiu fortemente no seio comunista o evento da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) com lideranças do seu campo político, em São Luís, hoje pela manhã. A ordem no Palácio dos Leões é tentar desqualificar.

Ruim
Presente ao ato, o prefeito de São pedro dos Crentes, Lahesio Rodrigues (PSDB) – que ficou famoso pelos vídeos criticando a gestão Flávio Dino (PCdoB ) -, fez mais um contundente discurso contra o comunista. “Eu vi o que é ruim nesse estado. O que é ruim nesse estado chama-se Flávio Dino”.

Pressão
O deputado estadual Roberto Costa (MDB) foi um dos últimos a chegar ao evento. Dizem que ele só apareceu por lá depois de pegar muita pressão da cúpula do partido. Mas, ao microfone, jurou fidelidade a Roseana, de quem disse ainda ter uma foto na parede do seu gabinete na Assembleia Legislativa.

No prego
O deputado federal Victor Mendes (MDB) fez de tudo para chegar a tempo – estava no interior, em agenda do mandato. Mas o carro em que ele se dirigia à capital quebrou pouco depois de Miranda e quando ele alcançou a residência dos Sarney no Calhau o ato já estava sendo encerrado.

Não tinha, agora tem…
Roseana usou um dos slogans do governo Flávio Dino para criticar o governador. Segundo ela, antes não tinha perseguição, agora tem.

Ilusão
Para o senador Edison Lobão, “o povo foi iludido uma vez [por Flávio Dino], mas não será iludido uma segunda”.

Sem novidade
O ex-governador e ex-presidente da Assembleia, Arnaldo Melo, destacou que a gestão Flávio Dino é uma espécie de continuidade do governo Roseana. “Não existe uma obra, uma ação, que não seja repercussão do que foi feito pela governadora”.

Presente
Muito comentada a presença da coordenadora da bancada maranhense em Brasília, deputada Luana Costa (PSC), no evento da ex-governadora Roseana.

Mudando de assunto…
A Promotoria de Justiça da Comarca de Barreirinhas ingressou com uma Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa contra o prefeito Albérico de França Ferreira Filho e o secretário municipal de Educação, José Cícero Silva Macário Júnior. Como medida liminar, o Ministério Público pediu o afastamento dos gestores dos cargos. A ação foi motivada por problemas no calendário escolar da rede municipal de educação. O calendário escolar encaminhado pela Prefeitura e aprovado pelo Conselho Municipal Escolar previa o início das aulas para o dia 16 de fevereiro. Diligências realizadas pelo Ministério Público constataram que, entre os dias 16 e 19 de fevereiro, várias escolas ainda estavam sem aulas.


3 thoughts on “NOTINHAS DA TARDE

  1. Para quem FOI QUATRO VEZES GOVERNADORA, CHEGAR NUMA PRÉ-CAMPANHA SÓ COM TRÊS PREFEITOS: DEMONSTRA NÃO TER SIDO BOA AO POVO !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *