Vereadores inspecionarão lagoa de resíduos da Alumar, em São Luís

Vereadores de São Luís, coordenados pelo presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT), realizarão na quinta-feira (31) uma inspeção na lagoa de resíduos do Consórcio Alumar, localizada na BR – 135.

A caravana parlamentar chegará ao local por volta das 14h e será recebida por membros da diretoria da empresa.

O objetivo da iniciativa é checar, in loco, o funcionamento dos chamados lagos vermelhos, locais onde são despejados resíduos de bauxita, substância prejudicial aos seres humanos, a fauna e a flora.

Osmar Filho explicou que a tragédia ocorrida na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, onde uma Barragem de rejeitos da Vale acabou rompendo na última sexta-feira, ocasionando mortes e sérios danos ambientais, trouxe novamente à tona o debate acerca do funcionamento e segurança deste tipo de equipamento utilizado por grandes empresas e multinacionais.

“A Câmara Municipal tem o dever de fiscalizar o funcionamento deste tipo de equipamento. Além disso, manteremos dialogo permanente com entidades e órgãos responsáveis pela segurança e fiscalização da empresa”, disse.

O presidente da Casa afirmou, ainda, que o tema será debatido com a sociedade maranhense através de audiências públicas que serão promovidas na sede do Legislativo Municipal.

Em nota divulgada recentemente, o Consórcio de Alumínio do Maranhão – formado pelas empresas Alcoa, Rio Tinto e South32 – garantiu que opera dentro dos mais altos padrões internacionais e que este trabalho está alinhado as ações de várias agências ambientais e regulatórias, incluindo as Secretarias do Meio Ambiente, no sentido de garantir excelência dos serviços e evitar riscos.

“A Alumar possui sete áreas de Disposição de Resíduos de Bauxita. E destas, três já foram fechadas e reabilitadas. Aplicando os melhores recursos tecnológicos e as mais rigorosas normas de engenharia do mundo, a Alumar, em parceria com a UFMA, tem desenvolvido pesquisas para a transformação sustentável do resíduo”, afirmou o Consórcio.


14 pensou em “Vereadores inspecionarão lagoa de resíduos da Alumar, em São Luís

  1. Ate onde eu sei, a Alumar NÃO POSSUI BARRAGENS para contenção de resíduos minerais, tem sim BACIA DE CONTENÇÃO,
    Mas, para os doutos Vereadores e uma enorme parcela de analfabetos, aquilo é uma barragem.

  2. Imaginando esses acéfalos vistoriando o que não conhecem; Pior é a caema que emporcalha a cidade,desde sempre.
    O relevo de São Luis,não permite acidentes como os de Minas,sorte nossa.
    O importante no caso alumar,é monitorar continuamente a impermeabilização dos açudes de lama.

  3. Quais os conhecimentos técnicos que esses vereadores tem para, se for o caso, atestarem as condições de regularidades ou não dessas barragens?

    Os demagógicos não perdem a oportunidade de engabelarem o povo!

  4. Enquanto isso, um monte de pessoas morrendo sem atendimentos nos corredores dos socorroes. O socorrao I, está gemendo sob administração de uma enfermeira, que não respeita os funcionários.
    As avenidas principais de nossa capital, estão totalmente esburacadas. Os bairros, muitos estão abandonados. Sujeiras por todos os lados, um monte de terrenos baldios abandonados acumulando lixos esgotos estourados. No trânsito, engarrafamentos horríveis, um monte de carros estacinados em locais proibidos, enfim, a cidade abandonada, e os nobres vereadores, vão até a vale brincar fiscalização…

  5. O que esses parasitas entendem de barragem? Tem que manda técnicos especializados, isso sim. Demagogia barata desses vereadores.

  6. Já trabalhei na Alumar e o risco não é grande devido o relevo do local ser plano, e não são barragens e sim lagos de resíduos, são feitos cavando o solo, é colocado uma manta impermeabilizadora e depois parte do solo retirado é colocado sobre a manta para começar a utilização, no popular parece um açude gigante no nível do solo.

  7. Chegando lá, vão ficar igual jumento olhando pra porta e ainda vão bater self. Muita onda de demagogia. Kkkk

  8. Quando a represa de mariana rompeu foi a mesma palhaçada. Lá foram os idiotas cheios de si, querendo mostrar serviço, como sempre reativos (só agem depois de uma ação) questionar os engenheiros da alumar. Os caras escutaram tantos termos técnicos e, para variar, não entenderam nada. Sairam satisfeitos achando que fizeram algo de produtivo. Os engenheiros ficaram rindo dos idiotas depois, pois só pela cara de paisagem deles, estava claro que esfregaram sabão na cara de cavalo. Serviram de piada o resto do ano. E, como julio falou, para que serve mesmo esses caras? Assim como os do legislativo do MA? Para dizer amém para o buchudo?

  9. Essas criaturas deveriam prestar serviço aos seus eleitores de maneira mais efetiva, olhando pra cidade que está um caos, buracos, esgotos estourados por todo lado, e não se aproveitarem de uma tragédia nacional pra querer aparecer. Vão trabalhar de verdade, cambadas!

Os comentários estão fechados.