‘Mais Médicos’: Flávio Dino quer cubanos de volta ao Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), confirmou à Folha de S. Paulo, neste fim de semana, que o chamado “Consórcio do Nordeste” – figura jurídica que une os governos da região – formalizou uma consulta à Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para retomar o programa “Mais Médicos”, nos moldes do estabelecido no governo Dilma Rousseff (PT), na região.

A Opas é a entidade responsável pela exportação de profissionais de saúde, a maioria cubanos.

A informação é da coluna Painel.

“A ideia é retomar um contrato regional com a organização. A Opas rescindiu o acordo com o Brasil e anunciou a retirada de médicos do programa, a maioria cubanos, logo após a vitória de Jair Bolsonaro”, destaca a publicação.


19 pensou em “‘Mais Médicos’: Flávio Dino quer cubanos de volta ao Maranhão

  1. como os estados pagariam “medicos cubanos” com recursos federais, sem o reconhecimento de seus diplomas? como lançar no istema sem CRM? Como mandar para a OAS (?) a maior part dos recursos? Cuba está em crise, sem dinheiro brasileiro,

  2. Coerente da parte dele. Comunista não se importa se os trabalhadores estão trabalhando em regime de escravidão, desde que o senhor de Escravo seja um estado socialista.

  3. MAIS ASFALTO seria uma boa, com estudos sobre a composição e durabilidade , com garatia de no minimo 10 anos e prisão de politicos que se beneficiam das licitações.

  4. Já deveria ter feito isso há mais tempo… nossos médicos não são suficiente para a demanda da saúde que enfrentamos. Só espero q não seja feito nos moldes do artigo acordo que explorava os profissionais… o governo tem q estudar uma proposta decente pra todas as partes e sem politicagem partidária, só ação Benéfica!

  5. Ele quer é mídia, ele tem é que trabalhar, o povo é pobre e ainda coloca um sujeito sem um mínimo de condições para administrar um estado de miséria. Vá trabalhar, vá vender as estatais e diminua o as secretarias, a quantidade de gente nas secretarias é um absurdo. Vá trabalhar moço.

  6. Flávio Dino não faça isso de chamar Cubanos não, der oportunidade para os Brasileiros do Maranhão que estudam fora do Brasil pra voltar a trabalharem no Maranhão, muitos fazendo Medicina no Paraguaio que estão formados sem CRM der oportunidade pra esses que são eleitores seus com as famílias.

    • Esses profissionais não querem trabalhar não, o governo federal abriu seleção veja qtos se inscreveram e depoia qtos desistiram….esses médicos daqui querem ficar nas capitais e não nos interiores.

  7. kkkk gente , meus amigos de opiniões contrarias, somos sobreviventes da resistência Dinista, cadê os babões do governador que comentava aqui?
    A saúde em imperatriz acabouuu!!
    o meu pai tem dois precatórios pra receber , ainda bem que temos a OAB pra ajudar, será se paga esse Estado Falido?
    meus amigos estão indo para SP pois aqui não tem oportunidades.
    Salve Jesus o Maranhão!!

  8. Seu Imbecil vai trabalhar pelo povo. O Estado tá quebrado ele só pensa em aumentar impostos. Agora vem dar nosso dinheiro pro povo de outro país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *