Governo admite saques no caixa do Emap, mas alega que procedimento foi “legal”

Edilázio Jr e Aluisio Mendes requereram informações à Emap; empresa não sinalizou sobre quando dados serão fornecidos (Foto: De Jesus/O Estado)

Durante a visita técnica dos deputados federais e estaduais ao Porto do Itaqui, na tarde de ontem (5), o Governo do Maranhão admitiu que foram feitos saques dos cofres da Emap para outros fundos estaduais. A alegação, segundo a Procuradoria, foi que estes procedimentos estariam respaldados em normas jurídicas e, portanto, seriam “legais”.

Questionados, os membros da Emap não informaram aos deputados os valores sacados. Ao blog, o autor do requerimento que atestou a visita ao Porto e integrante da Comissão de Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados, Edilázio Júnior (PSD) avaliou como “improdutiva” a visita.

Segundo ele, o governo deu respostas “invasivas” aos questionamentos. Ele e o deputado federal Aluisio Mendes (PODE) requereram cópias das planilhas de fluxo de caixa (despesas e receitas) do Porto.

Apesar do pedido, o Governo não sinalizou quando irá fornecer os dados.

Nas redes sociais, Edilázio confirma que Governo admitiu saques nos cofres da Emap


2 pensou em “Governo admite saques no caixa do Emap, mas alega que procedimento foi “legal”

  1. Todo mundo sabia que essa visita técnica seria pouco produtiva, um palco para os comunistas tentarem politizar este escândalo com respostas evasivas. Ninguém que se encontra na trincheira se entrega pro inimigo (pra Justiça!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *