Deputados também caíram em esquema de pirâmide em São Luís

Deputados do Maranhão também caíram no golpe da pirâmide financeira que veio à tona nesta semana em São Luís.

Comandado pelo dito investidor Paulo Henrique, o “PH”, da PH Participações, o negócio atraiu as atenções de quem se iludiu, como sempre, com propostas de rendimentos astronômicos.

Aos parceiros de investimento, PH sempre declarou que conseguia bons rendimentos atuando com Forex, ações na Bolsa e Fundos Imobiliários.

No escritório da empresa no Península Mall & Offices, na Península da Ponta da Areia – segundo informam boas fontes do Blog do Gilberto Léda – não era incomum a presença de assessores de parlamentares.

Prefeitos e vereadores de todo o Maranhão também estão entre as vítimas.


6 pensou em “Deputados também caíram em esquema de pirâmide em São Luís

  1. Falam de tantas coisas! Que até os maiores agiotas do Maranhão inclusive aqueles de verbas públicas mudaram suas posições pra entrar nas pirâmides. Logo agiotas que vivem em primeiro ofício de ágios (grandes juros) de 3, 4 ou 5% ao mês! Só que o negócio das pirâmides prometia muito mais, em torno de 5, 10, 12 ou 18% ao mês!! Vejam que a poupança está rendendo míseros 0,37% ao mês, os fundos de renda fixa e fundos DI rendem no máximo 0,5%, 0,6%, um bom CDB de um banco privado não passa de 0,8% ou 0,9% ao mês, isso com vários meses de carência. Um fundo de multicarteira tem riscos de se realizar prejuizos, de carteira livre e de índice de ações nem se fala, são voláteis e têm riscos elevadíssimos. A Bovespa, que é um investimento de longo prazo, vinha em baixa nos ultimos meses e iniciou um processo de recuperação agora, rendendo + 4,06% no mês de junho/19 e no ano 18,17% . Essa estória de investir em pirâmides era sem dúvida alguma um negócio das Arábias!!! Ali nos parece que não tinha nenhum santo! E quem concorre com o crime também é criminoso. Kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *