Por falta de verba, serviços serão suspensos no Hospital de Pinheiro

O Instituto Acqua informou aos prestadores de serviços do Hospital Regional de Dr. Jackson Lago, em Pinheiro, nesta semana, que vai precisar suspender pelo menos mais três serviços oferecidos à população da Baixada Maranhense.

Segundo comunicado expedido à unidade – em que justifica a revogação de editais para a contratação de serviços médicos -, a entidade confirma o fim dos atendimentos em ortopedia, urologia e otorrinolaringologia.

Motivo? Falta de recursos…

“Desde o segundo semestre de 2018 a Secretaria de Estado da Saúde vem constantemente efetivando cortes orçamentários e alterações no Planos Operativos que orientam as contratações e despesas”, destaca o documento.

Ainda de acordo com o instituto, os atendimentos nessas três áreas vão parar a partir do dia 1º de agosto.

Na sexta-feira (26), o Blog do Gilberto Léda já havia revelado que parou na mesma unidade o serviço de tomografia.


4 pensou em “Por falta de verba, serviços serão suspensos no Hospital de Pinheiro

  1. Absurdo isso. Revoltante. E isso não é só em Pinheiro… Soube que em outras unidades (Macroregional) haverá também o fechamento de serviços fundamentais a partir de dia 01.

  2. Serviço de Neurocirugia do Macrorregional de Coroatá será extinto dia 01 também (trata-se do único serviço do interior do estado que opera casos como aneurisma cerebral, tumor cerebral, fraturas de coluna vertebral e etc). O resultado disso: a demanda dos hospitais da capital se tornará ainda maior, sendo impossível a assistência aos pacientes. Isso é muito grave. Inúmeros pacientes vai de fato falecer internados nos hospitais do interior aguardando uma vaga na capital. Isso precisa ser denunciado.

  3. Flávio Dinossauro não está pagando nenhum fornecedor, até o valor correspondente ao recolhimento ao INSS da folha de pagamento do Estado ele não está recolhendo ao INSS. Tudo isso está de acordo com o discurso do comunista da sacada do Palácio dos Leões. Maranhão não tem sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *