Suspeita de fraude na eleição interna do PT no Maranhão

Uma suspeita de fraude em duas urnas provocou a suspensão da apuração dos votos do Processo de Eleição Direta (PED) do Partido dos Trabalhadores (PT) no Maranhão.

O problema ocorreu num colégio no São Cristóvão. Segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, nessas duas urnas deveriam haver 60 cédulas de votação – já que 60 filiados assinaram as fichas antes de votar.

Mas apareceram 61 votos.

Nesse caso, diz o regulamento da eleição no partido, o candidato que estiver com maior número de votos nessa sessão, independentemente da quantidade, perde o número de votos que apareceram a mais.

O vereador Honorato Fernandes, candidato a presidente estadual, era quem perderia esse voto, já que estava na frente.

Mesmo assim, a comissão eleitoral – dominada por adversários do vereador (saiba mais) – preferiram sequer concluir a apuração. Eles apoiam a candidatura de Kleber Gomes.

A situação gerou um impasse. E uma manifestação, na noite de ontem, de aliados de Honorato, cobrando a conclusão da apuração. Por conta da confusão, até a direção nacional do PT já emitiu uma ordem determinando a finalização da contagem de votos, já que a eleição não é apenas estadual, mas também municipal e nacional.

Segundo a Secretaria de Organização, após a conclusão da apuração é que qualquer chapa pode recorrer do resultado.


12 pensou em “Suspeita de fraude na eleição interna do PT no Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *