Edilázio cobra ação do MP contra denúncia de grampos no Maranhão

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) cobrou do Ministério Público do Maranhão ação contra denúncias de grampos ilegais realizados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) – o caso veio à tona após depoimentos dos delegados Tiago Bardal e Ney Anderson Gaspar (relembre).

Nas redes sociais, o parlamentar compartilhou notícia dando conta da ação do MPF contra o Governo de Alagoas para tentar acabar com interceptações telefônicas consideradas ilegais.

“Estamos ansiosos para que o Ministério Público do Estado do Maranhão tome uma medida similar no caso de espionagem envolvendo a Secretaria de Segurança do Estado. Que sirva de exemplo!”, destacou.

Curiosamente, a ação do MPF em Alagoas e a manifestação de Edilázio ocorreram no mesmo dia da prisão do vereador Astro de Ogum (saiba mais), que chegou a ser citado por Ney Anderson como um dos alvos das supostas escutas ilegais da SSP maranhense.


1 pensou em “Edilázio cobra ação do MP contra denúncia de grampos no Maranhão

  1. Os deputados federais Edilázio Júnior e Aluísio Mendes estão nos devendo duas promessas:

    1) Uma outra sessão para dar continuidade às investigações do rumoroso escândalo dos supostos Grupos Ilegais Ordenados pelo Governo do Maranhão e dedurados oficialmente por dois delegados estaduais;

    2) A tão aguardada Lista Completa de Todos os Funcionários da EMAP com seus respectivos salários, que inclusive já foi solicitada administrativamente e, diante do retardo da entrega superior a 15 dias, conforme Lei Federal nº 9051/1995, foi reiterada judicialmente, salvo engano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *