EXCLUSIVO! Assaí chega a SLZ com unidade em frente a loja do Mateus

O Mateus que se cuide!

O Grupo Pão de Açúcar, maior empresa varejista do Brasil, vai mesmo desembarcar em São Luís, com duas lojas Assaí – especializada no ramo de atacarejo.

E uma das unidades será localizada na Avenida São Luís Rei de França, no Turu, praticamente em frente a uma loja do Supermercado Mateus, próximo ao Cheiro Verde.

A confirmação veio de documentos obtidos com exclusividade pelo Blog do Gilberto Léda.

Num deles, o Assaí solicita da Secretaria de Urbanismo e Habitação de São Luís a correção do projeto arquitetônico da loja. No ofício, o grupo informa que a unidade terá potencial de geração de 300 empregos diretos, e 600 indiretos.

O grupo confirma, ainda, que abrirá uma segunda unidade na capital, localizada na Avenida Guajajaras, onde o Mateus também já possui loja.

Um terceiro Assaí será instalado, ainda, em Imperatriz.


26 pensou em “EXCLUSIVO! Assaí chega a SLZ com unidade em frente a loja do Mateus

    • Poliana, o empreendimento a ser instalado é sim do Grupo Pão de Açúcar, o mesmo que tem em todo o nordeste só não no Maranhão, mas agora terá duas novas lojas em SLZ e uma em Imperatriz

    • Aqui em FOR, o assaí é supermercado de periferia. Nas áreas nobres só dá pão de açúcar, são luiz, cometa, etc. Por falar nisso, em Fortaleza tem mais de dez redes de supermercados, e o extra e pão de açúcar, além dos preços bons, mimam muito os clientes. PDT e pc do b acabaram com o MA.

      • Exatamente , sou de slz e moro em for, fiquei impressionada com tantas redes de supermercado, inclusive dentro dos bairros, somos livres para fazermos nossas compras onde quisermos, o Maranhão merece!!!!

  1. Interessante saber se o Assaí terá as mesmas vantagens fiscais e políticas que o mateus tem no estado. A coisa é tão escandalosa que o mateus nem consegue abrir uma unidade fora do MA, pois está […]. Destque que está ação é de expansão da rede assaí procurando novos mercados, não do governo estadual.

  2. Muito bom ter uma nova loja no ramo atacarejo, nós precisamos. Dessa forma evita aumento de preços sem necessidade, porque tendo uma só empresa no ramo ela aplica o valor que ela quer, mesmo sem necessidade, assim não dá.

  3. Torço pro pão de açúcar possa ser um bom concorrente para o Mateus, mas tem que chegar grande senão leva cascudo, que nem levou pra lusitana no começo dos anos 90, quando se instalou no tropical shopping.

  4. Se for que nem o atacadao que tem q fazer compra no calor, sem sacola e ainda tem q ser revistado que nem ladrao pra pagar o mesmo preco do mateus,, melhor nem abrir

    • Flávio, vou as vezes ao Atacadao, e nunca vi ninguém ser revistado. Os preços de lá são mais em conta do que o do Mateus. Lembro-me que comprava fraldas descartáveis a 14 R$, no Atacadao, e as mesmas no Mateus, custavam 28 R$. Obviamente, que hoje os preços não são tão diferentes assim, mas ainda há produtos no Atacadao, que são bem mais baratos, sem se falar que lá não temos uma multidão de pessoas, e nem as empilhadeiras pra cima e pra baixo, que temos no Mateus.

  5. GRAÇAS A DEUS! Esse monopólio COVARDE do Mateus irá acabar. Esse é só o primeiro passo para os outros grupos entrarem no estado. Que venham, serão muito bem vindos. JÁ CHEGA desse cara que só falta abrir loja na praia!

  6. Gosto muito de comprar no Assaí. A estrutura é ótima, agradável e encontro praticamente tudo que preciso. Onde vou o atendimento é maravilhoso e quanto a conferência na saída, acho bom sim porque tanto previne perdas pra loja quanto danos aos clientes.

  7. Só corrigindo a informação, até porque o “jornalista” do blog não deve saber ler uma planta, mas esse terreno aí do projeto fica na Mário Andreazza e não na São Luís Rei de França e tá é longe da frente do Mateus! “Praticamente em frente ao Mateus”!! Nem gosta de um exagero! Kkkkkkkk

  8. Caro Gilberto, sobre os supermercado Carrefour e Extra que iam se estalar no Shopping Golden alguma novidade ? houve um burburinho muito grande pois ate agora aquele shopping é morto e o único sem supermercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *