MP apura corrupção em contratos de R$ 45 mi da Prefeitura de ITZ com a Citelum

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) apura suspeitas de fraude, superfaturamento e corrupção em contratos e pagamentos à empresa Citelum Groupe EDF pela Prefeitura de Imperatriz, por serviços de manutenção e fornecimento de iluminação pública.

A informação é do Atual 7.

Para isso, a promotora Nahyma Ribeiro Abas converteu, no dia 30 de outubro, uma notícia de fato em procedimento investigatório criminal .

As investigações, a cargo da 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz, contam com o auxílio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

Segundo apuração preliminar, laudo pericial contábil realizado pelo Icrim (Instituto de Criminalística do Maranhão) indicou o pagamento de exatos R$ 45.213.996,30 à empresa, decorrentes de um contrato assinado na gestão de Sebastião Madeira (PSDB). O Ministério Público diz que não houve a comprovação dos serviços efetivamente prestados pela Citelum, de acordo com as cláusulas contratuais, diante de medições genéricas (que apresentam os mesmos valores em relação ao preço de materiais e à mão de obra) e notas fiscais com valores idênticos.

O laudo também aponta, segundo as investigações, que houve um aumento suspeito de cerca de R$ 10 milhões em pagamentos à empresa, entre novembro de 2015 e novembro de 2016; e superfaturamento em quase meio milhão de reais, no quarto aditivo ao contrato, em pagamentos realizados entre os anos de 2015 e 2019.


1 pensou em “MP apura corrupção em contratos de R$ 45 mi da Prefeitura de ITZ com a Citelum

  1. aqui em São Luia essa empresa vem […]material daqui e aplicando em Imperatriz, se o MP investigar e coisa grande, falo isso porquer já trabalhei nessa empresa e sei como funciona estão nos […].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *