Bira do Pindaré e Márcio Jerry endossam ataque a PMs na Câmara

Os deputados federais Márcio Jerry (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB) caíram em desgraça com membros das carreiras militares do Maranhão

Na quarta-feira (20), ambos posaram na Câmara ao lado da charge que ataca PMs, retratando-os de forma simplista e generalizada como racistas e assassinos de negros.

Intitulado “Genocídio da população negra”, o cartaz está no centro de uma polêmica depois de haver sido arrancado pelo deputado Coronel Tadeu (PSL) – atitude também reprovável, frise-se.

O mais curioso é que tanto Jerry, quanto Bira, são aliados do comandante em chefe da Polícia Militar do Maranhão, o governador Flávio Dino.

Será que é isso o que eles pensam também dos policiais militares do Maranhão?


21 pensou em “Bira do Pindaré e Márcio Jerry endossam ataque a PMs na Câmara

  1. Que falta de respeito com a nossa honrosa briosa. Deveriam se envergonhar pois tenho certeza que no primeiro sinal de problema ficarão aos prantos gritando pela presença e proteção daquela que hoje atacam. É dando respeito que recebemos respeito. Não devemos aceitar qualquer tipo de ilação. Não estamos perdoando qualquer excesso da PM, mas não devemos aceitar desmoralização.

  2. A imbecilidade, estupidez, idiotices e, principalmente a boçalidade de uma pessoa como é tal de Márcio Jerry não chega a ser surpresa alguma para todos nós.
    O cara faz as coisas sem ter um pingo de noção das consequências dos seus atos.
    Aí vai e faz uma dessas perante os policiais militares. Do Bira do Pindaré já era esperado também.
    É lamentável que tenhamos dois idiotas na Câmara dos Deputados representando tão mal o Maranhão.

  3. Esses dois […] é que vao passar , espero que logo!
    Canalhas se[…] lascado com a sociedade enquanto aparecem como salvadores da pátria, como protetores da sociedade.
    Os índices de mortes contra policiais praticados por esses marginais – que esses canalhas tanto protegem -eles nao apontam.

  4. Mas Márcio Jerry é íntimo do governador do Maranhão que não está nem aí para polícia, ainda mais que o presidente da república é militar… É tanto que o governador do Maranhão deixou mais 1800 país e mães de família esperando uma nomeação é concurso feito para reeleição dele Flávio Dino… Diz que a pm tem 15mil homens só existe poucos mais de 11mil, ah é pq ele deve está contando com os que esperam a nomeação dele…

  5. A verdade é que a polícia é racista. São treinados em cima do preconceito de cor. Negro é suspeito sempre. Mesmo que o policial seja preto. Ele está condicionado à desconfiar do outro negro. Basta ver a população carcerária. Tomara que um dia mude mas, tanto a polícia quanto o sistema de justiça e racista.

    • Conversa fiada de petralha, tão presos pq cometeram crimes. Infelizmente não foram contra teus parentes mais próximos, filhos, pais…, quando é na família dos outros, essa é a visão de safados que compactuam com a marginalidade. Criminoso não tem cor, tem atos, e sai esses atos que devem ser combatidos, se for possível, da forma mais agressiva pois, as vitimas sao quem dabe onde sebtem a dor.

    • A polícia não é racista, até porque no Maranhão 90% dos policiais são negros, o problema é que estes se metem mais em crimes. O resto á blá blá blá e vitimismo desses coletivos que fazem da causa negra bandeira política.
      Falo de cátedra porque sou negro.

    • Quanta besteira. Se essa insanidade fosse verdade, já teria sido denunciada há muito tempo. O problema de ter mais negros no mundo do crime, encarcerados, etc., é muito mais profundo e abrangente do que atribuir a uma instituição caráter racista ou genocida. De forma errada, Nina Rodrigues tentou estudar o caso, que sempre foi um problema no brasil. A situação se repete em toda américa latina (continente mais violento) e, basicamente nos estados do sul do EUA (a áfrica é o segundo mais violentas e assustadoramente atrasada). 75% dos homicídios no brasil são de negros e menos de 10% é solucionado, portanto, afirmar que a polícia é responsável, é de uma ignorância absurda e maior do que os atos racistas. Se todos os homicídios fossem elucidados, com certeza decepcionaria muitos militantes. E pior do que isto, é a forma que os movimentos “negros” viram bandeiras da esquerda e esta usa ao seu belprazer sem nunca resolver, como foi o caso da base aérea de alcântara e os quilombos.

    • Mais um querendo lacrar. O senso comum enfiado goela abaixo pela esquerda e os robos replicando. A africa e o segundo continente mais violento do mundo e la eles nao podem colocar culpa na policia. Os EUA tentaram criar um pais com ex-escravos, a Liberia, e deu uma merda tao grande que nunca mais prestou. Junte as pecas e pense um pouco, caso consiga. Ou vai precisar de alguem da esquerda para raciocinar?

  6. Lamentável, horripilante, nojento e covarde. Querem criar uma narrativa de “nós contra eles” nós quem? Bira, Márcio Jerry. Ora, esses caras são a elite das elites. Pois se aproveitam de um tema muito caro aos brasileiros, o racismo. Nós nao devemos medir ninguem pela cor de sua pele, ou status social. Esses caras não sabem a dor de uma mãe, ou de seus familiares ao perder um bravo combatente um bom policial abatido em combate, defendendo a sociedade. Será que esses oportunistas sabem quantos policiais negros e brancos foram abatidos no brasil. Pois é, são oportunistas e asquerosos; canalhas malditos canalhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *