Sergio Moro lamenta atentado contra indígenas no Maranhão

O ministro da Justiça, Sergio Moro, comentou há pouco, em sua conta no Twitter, o atentado que resultou na morte de dois indígenas no Maranhão.

O caso ocorreu às margens da BR-226, entre Grajaú e Barra do Corda (saiba mais).

Moro disse que a Funai já foi até a aldeia.

“Lamento o atentado, ocorrido hoje no Maranhão, que terminou com dois índios guajajaras mortos e outros feridos. Assim que soube dos tiros, a Funai foi até a aldeia tomar providências, junto com as autoridades do governo do Maranhão”, escreveu.

Por meio de nota, a Secretaria de Direitors Humanos do Maranhão informou que “os indígenas feridos já foram encaminhados para o hospital, com apoio do Distrito Sanitário Especial Indígena do MA”.

“Até o momento, dois óbitos foram confirmados. O @GovernoMA, por meio da SSP, informou o caso à Polícia Federal, solicitando a adoção das devidas providências”, diz o comunicado.


6 pensou em “Sergio Moro lamenta atentado contra indígenas no Maranhão

    • Nossa! acho que você acabou de descobrir a pólvora, só que de novo, né? Bom só agora começaram a morrer índios no Maranhão e no estado, ou as outras mortes não tiveram importância política?

  1. Devido ao sistema falido de segurança pública adotado no Maranhão a tendência é só aumentar os números de explosões a banco.
    Infelizmente hoje em rede nacional na tv bandeirantes o Maranhão e visto negativamente com relação ao assunto segurança pública.

  2. Vamos invesritar os homícidios mas vamos ficar atentos também a prática de extorsão praticada pelos indios. Eles fecham as vias e começam a cobrar pedágios, já tive q pagar 200 reais e isso com uma espingarda apontada para mim. Isso é assalto a mão armada e todos sabem e ninguém n faz nada.

    • É isso mesmo. Os indígenas tem uma imagem idílica criada pela mídia e alguns “intelectuais” de pureza, perfeição, harmonia e outras virtudes e a realidade nua e crua de quem realmente vive com eles ou próximo deles. Tem os miseráveis, os pilantras, os super-espertos, entre outros de péssima índole. No mínimo são amorais e pragmáticos. Quem defende muito índio, ou não os conhece ou é extremamente fraco e se deixou envolver. Entre estas duas cidades, tem assaltos, pedágios, extorsões e outros crimes praticados pelos mesmos. Necessário investigar e não endeusar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *