‘Mexemos numa ferida’, diz Yglésio sobre denúncia de abuso de escolas

Repercutiu o vídeo que o deputado estadual Yglésio Moyses gravou nesta semana para falar sobre supostos abusos praticados por escolas particulares de São Luís (saiba mais).

No vídeo publicado nas redes sociais, o parlamentar listou os abusos das escolas, especialmente no que se refere à lista de materiais solicitados pelas escolas.O vídeo circulou no WhatsApp até chegar no grupo dos donos e diretores de escolas privadas em São Luís.

Uma diretora chegou a dizer que Yglésio estava tolhendo o “direito de propriedade pedagógica” das escolas.

“Vender livro não é propriedade pedagógica, principalmente quando o livro é de uma outra editora e uma instituição de ensino como é o caso da Ari de Sá”, rebateu em um novo vídeo.

O deputado adiantou que vai se reunir nesta quinta-feira (16) com Adaltina Queiroga, presidente do Procon. Segue o vídeo:


3 pensou em “‘Mexemos numa ferida’, diz Yglésio sobre denúncia de abuso de escolas

  1. Quer mídia!

    Ora ninguém é obrigado a por seus filhos em escola particular, e agora querem reclamar de valores!? Contraditório, não!

    Se não tem condições, põe na escola pública.

  2. Esse tá mais perdido do que cego no tiroteio.
    Duarte faz uma coisa ele vai lá e imita.
    Muito despreparado. Se não tem controle agora imagina na campanha. Deus me livre

  3. A escola pode adotar método de ensino próprio, precisa informar previamente aos interessados que vai adotar método próprio, no caso Ari de Sá. Tenho dois filhos, um no Crescimento e outro na Maple Bear. Não tenho do quê reclamar.
    Todos nós pais, fomos informados desde de setembro. Participamos de várias reuniões em um hotel da cidade.
    Será que o Deputado teria coragem de matricular um dos seus em uma escola de qualidade duvidosa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *