Jerry e Eliziane pedem demissão de secretário que citou Goebbels em vídeo institucional

A senadora Eliziane Gama (Cidadania) e o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) defenderam na manhã de hoje (17), em postagens no Twitter, que o secretário especial da Cultura do governo Jair Bolsonaro, Roberto Alvim, seja obrigado a dar explicações depois de copiar trechos de um citação do ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels, em um pronunciamento.

O vídeo, institucional, foi divulgado para anunciar o Prêmio Nacional das Artes, projeto no valor total de mais de R$ 20 milhões.

“Caso o ministro não seja demitido de imediato, usaremos nossas prerrogativas no Senado para convocar o ministro para que ele explique e seja responsabilizado por ação tão indecente. Se isso passar como normal e aceitável o precedente aberto por ele terá efeitos nefastos a todos”, destacou Gama.

Segundo ela, “não é possível que se tolere” a postura de Alvim”. “É inconcebível que esse discurso abjeto seja visto como normal”, completou.

Jerry também defendeu a demissão do auxiliar do presidente, ao corroborar declaração do deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara. E afirmou que pretende levá-lo a dar explicações na Comissão de Direitos Humanos da Casa,

“É isso aí, presidente. Ser demitido e responder pelo cometimento grave. Vamos levá-lo à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara”, argumentou.


14 pensou em “Jerry e Eliziane pedem demissão de secretário que citou Goebbels em vídeo institucional

  1. Longe de querer defender nazista….
    Mas qual a diferença entre Joseph Goebbels e Ernesto Che Guevara (tanto defendido por Marcio, Flávio Dino, etc.)

  2. Queridos representantes,esqueçam esse sujeito e foque em projetos para ajudar o governador a resolver os problemas do Maranhão. OK! Aproveitem para mostrar serviço e não fofocas dos outros.

  3. A gente ñ viu essa dupla pedir demissão de Carlos Lula da SES qd houve o escândalo de corrupção, o mais curioso é que o mesmo Jerry que pede a demissão do ministro é o mesmo que diz que na Venezuela é uma democracia; a Eliziane sem comentários sempre inoportuna.

  4. Quanta idiotice. A inversão de valores e mimimi chegou a um grau intolerável. Pode-se esculhambar uma religião e passar por liberdade de expressão. Um cara usa uma frase infeliz que foi de goebbels e o mundo se acaba. Com certeza a irmazinha nem sabia que era o dono da frase até hoje e agora vira defensora suprema dos judeus. O rato jerry está cuspindo no prato que comeu. As ações dele para divulgar e mostrarm um paraíso que não existe no governo do buchudo são as mesmas de goebbels, tal e qual. E que não é muito diferente do que a globo e outros meios de comunicação usam para atacar o atual governo. Quem é do meio de comunicação vive bebendo na fonte de goebbels, não com as frases, mas com o cinismo característico dele. Principalmente os repórteres/blogueiros que são pagos para defender com unhas e dentes gestões fracassadas.
    E não duvido muito que a frase tenha sido plantada e depois foi denunciada . O país ainda não se livrou da catinga da esquerda e esta é capaz de tudo. E quem anda decorando frase dele para depois denunciar e se indignar? Nesse mato tem coelho. Patético. E viva a ideologia do medo.

    • Tenho lá minhas ressalvas políticas a Jerry e Eliziane. Dito isto, acrescento: frase infeliz o caramba. O cara uso vários trechos de declarações de Goebbels, usou toda uma estética nazista para compor o vídeo. Até Wagner, o compositor preferido de Hitler, ele usou como música de fundo.

    • Tem que ser muito imbecil para escrever esse texto longo e só falar boçalidade. Os eleitores de Bolsonaro, assim como os petistas ultrapassam qualquer limite da racionalidade. É surreal.

      • Então estrutura um pensamento, bonzão. Como não tens capacidade, parte para a ofensa. Definitivamente tu és um ‘maria vai com as outras’ e se acha consciente. E aprenda a escrever primeiro, usar as vírgulas corretamente assim como as palavras. O cara escreveu e não falou. Se tu escutaste algum som neste blog, pode aumentar a dose dos teus remédios, pois estás tendo alucinações auditivas.

  5. Vamos la: 1) acho que tu nunca viste um video de propaganda nazista. E melhor procurar uma no youtube e comparar como e diferente. A que ele fez esta mais para TFP, arautos de evangelho ou algo assim; 2) usar wagner como musica de fundo: cito alguns filmes que usaram e nao quiseram matar os cineastas (excalibur, apocalipse now, romeu e julieta, irmaos cara de pau, alien convenant, entre outros). Escutar e divulgar wagner nao e crime, e aqui nao e israel onde o e proibido. O video ficou estranho mas nao tem apologia ou referencias. Foi um caso de histeria esquerdopata e bolsonaro caiu feito um pato. Deveria levar um safanao. Bolsonaro deve ter feito media com os judeus, pior para ele.

      • Não sabia que olhar cortante era uma das características do nazismo. Quando eu era criança e fazia alguma besteira e aí minha professora me olhava com um olhar cortante. Céus, ela era uma sórdida nazista e eu não sabia. Só faltou a música de wagner. Que assustador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *