Ecopontos dos bairros Primavera e Barreto já em funcionamento

Entregues pela Prefeitura de São Luís na primeira quinzena de dezembro, novos Ecopontos reforçam as políticas de combate ao descarte irregular de resíduos sólidos implantadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Os dois novos equipamentos ficam nos bairros Primavera (polo Cohatrac) e Barreto (região do João Paulo). Com isto, a Prefeitura atinge a marca de 17 equipamentos do tipo em funcionamento, beneficiando toda a cidade e, de forma direta, os bairros do seu entorno. Mais três Ecopontos – nos bairros Cohaserma, Centro e Vila Isabel – já estão com obras em fase final. Em menos de um mês os dois equipamentos já receberam cerca de 130 toneladas de entulhos volumosos e 440 quilos de recicláveis. Os Ecopontos já em funcionamento em São Luís já receberam mais de 36 milhões de quilos de materiais recicláveis e resíduos volumosos.

Somente em 2019, a gestão do prefeito Edivaldo abriu seis novos Ecopontos. Estes equipamentos, que integram a macropolítica de gestão de resíduos sólidos em São Luís, estão garantindo que a cidade avance nos índices de sustentabilidade. “Quando assumi a gestão municipal, em 2013, São Luís não tinha políticas efetivas de incentivo à reciclagem, além de uma série de outros problemas na limpeza urbana. Sanamos todos estes problemas, regularizamos e modernizamos o sistema e investimos também em políticas sustentáveis. Os Ecopontos fazem parte deste sistema que fez com que São Luís se destacasse nacionalmente no setor”, disse o prefeito Edivaldo.

O Ecoponto Primavera fica localizado na Avenida Contorno Sul, próximo ao Colégio Shalom, no Residencial Primavera. Ele é o segundo a ser entregue no polo Cohatrac em 2019, que já conta com o Ecoponto Itapiracó. Já o Ecoponto Barreto é o primeiro da região João Paulo. Ele fica localizado na Rua Cinco de Janeiro, Barreto, próximo ao Centro Educacional Coelho Neto. Os dois equipamentos entraram em funcionamento neste mês.

Os equipamentos vão garantir aos moradores do entorno o descarte ambientalmente adequado de materiais recicláveis e resíduos volumosos, evitando o despejo indevido nas vias públicas, o que pode comprometer a saúde pública, o meio ambiente e o paisagismo urbano por causa da formação de pontos de descarte irregular. No primeiro semestre do ano entraram em funcionamento os Ecopontos Cidade Operária – Unidade 205, Sacavém, Parque dos Nobres e Itapiracó.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, informa que os Ecopontos contribuem para fechar as etapas da completa profissionalização de resíduos sólidos em São Luís. “Depois da desativação do Aterro da Ribeira, o prefeito Edivaldo começou a investir nos Ecopontos como política que garantisse a população o descarte ambientalmente adequado dos materiais recicláveis e resíduos volumosos. Por meio destes equipamentos, São Luís passou a ter um programa efetivo de coleta seletiva. Esta é uma política em expansão, pois a meta é encerrar 2020 com 30 Ecopontos em funcionamento”, afirmou.

Somente em 2019, a gestão do prefeito Edivaldo abriu seis novos Ecopontos. Estes equipamentos, que integram a macropolítica de gestão de resíduos sólidos em São Luís, estão garantindo que a cidade avance nos índices de sustentabilidade. “Quando assumi a gestão municipal, em 2013, São Luís não tinha políticas efetivas de incentivo à reciclagem, além de uma série de outros problemas na limpeza urbana. Sanamos todos estes problemas, regularizamos e modernizamos o sistema e investimos também em políticas sustentáveis. Os Ecopontos fazem parte deste sistema que fez com que São Luís se destacasse nacionalmente no setor”, disse o prefeito Edivaldo.

Reciclagem

Como resultado da profissionalização da gestão de resíduos sólidos implantada em São Luís na gestão do prefeito Edivaldo, atualmente, a cidade ocupa o primeiro lugar no ranking das capitais do Nordeste que mais reciclam o lixo coletado. Os dados constam no último levantamento divulgado pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Em 2013, a Taxa de Recuperação de Recicláveis de São Luís, conforme o SNIS, era de 0,12%. Em 2017, ano de referência do último SNIS, este índice já era 2,34%. Este crescimento foi impulsionado pela implantação dos Ecopontos a partir de 2016. Em 2017, a cidade encerrou o ano com oito Ecopontos em funcionamento. Atualmente, já são 17 equipamentos do tipo em operação de modo que o próximo levantamento do SNIS, que será divulgado em 2020, mostrará novo crescimento do índice de reciclagem da cidade.

A Prefeitura de São Luís está finalizando a construção de mais três Ecopontos localizados nos bairros Cohaserma, Centro e Vila Isabel. O Ecoponto Centro contará com galpão de triagem de materiais recicláveis que será cedido à Associação de Catadores de Material Reciclável (Ascamar). O Ecoponto Vila Isavel também contará com galpão de triagem anexo, que será cedido à Cooperativa de Reciclagem de São Luís (COOPRESL). Atualmente as duas entidades funcionavam em galpões improvisados, sem a estrutura necessária para o desenvolvimento da atividade.

Os galpões de triagem fazem parte da política de fortalecimento das cooperativas de catadores de materiais recicláveis de São Luís. Os equipamentos contam com planta industrial e todas as instalações elétricas e hidráulicas serão embutidas, permitindo o fluxo seguro de pessoas, veículos, equipamentos e materiais no interior da unidade, evitando perdas no processo de triagem e riscos aos catadores que trabalharão no local.

Os equipamentos também serão entregues com o maquinário necessário para que as cooperativas desenvolvam suas atividades – mesa de triagem; carrinhos metálicos para transporte de recicláveis; prensa; enfardadeira entre outros. A capacidade de processamento de cada galpão será de até dois mil quilos por dia. Este total é o dobro do que as cooperativas conseguem processar em suas atuais instalações. Com isto, a Prefeitura de São Luís fortalece a economia circular e gera emprego e renda para estes profissionais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *